O Brasil e o mundo perdeu o maior atleta de todos os tempos. E infelizmente, uma mãe perdeu um filho.

Após o velório de Pelé em Santos, São Paulo, um cortejo pela cidade marcou a despedida dos fãs e entes queridos do Rei do Futebol.

No caminho percorrido até o Cemitério Memorial Necrópole Ecumênica, o cortejo passou em frente à casa de Dona Celeste, mãe do Pelé – que, aos 100 anos, emocionou o público ao se despedir do filho da sacada de sua casa.

Idosa, a mãe de Pelé demorou a ser avisada sobre a morte do filho.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pelé (@pele)

Sempre muito discreta, mãe do Rei do Futebol completou 100 anos pouco antes do falecimento do filho. Atualmente Dona Celeste vive com uma das irmãs de Pelé, Maria Lúcia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pelé (@pele)


Entretanto, no momento do cortejo, ela participou dentro da própria casa – e, durante a transmissão do “SportsCenter“, pelo canal esportivo ESPN, a cena da senhora de 100 anos de idade batendo palmas sutilmente e acenando da sacada foi cheia de amor.

Diversas bandeiras com homenagens à Pelé balançavam em meio aos muitos fãs, que também saudaram Dona Celeste com o mesmo carinho que o próprio filho tinha com ela.

A linda e tocante celebração chamou a atenção do repórter Marcelo Gomes, responsável por cobrir o cortejo, não deixando de também emocioná-lo.

“Tenho 33 anos de jornalismo e nunca vi nada igual. Estão cantando para um cara que não morreu, o Pelé está vivo. Com a energia que está rolando nesse momento, temos a impressão que o Pelé está passando sentado em um trono e acenando para todo mundo.”, escreveu no Twitter.

Dona Celeste precisou se despedir do filho, mas, ainda assim, escolheu fazer de forma genuinamente amorosa, como era a relação de ambos: cheia de celebração e orgulho por quem foi Pelé para o mundo.

Veja a emocionante cena:

Imagem de Capa: Reprodução/Instagram





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!