Esta é uma história que vai definitivamente tocar o seu coração!

Um homem de 80 anos estava sentado no sofá da sua casa junto com o seu filho de 45 anos e altamente educado. De repente, um corvo pousou na sua janela.

O pai perguntou ao filho: “O que é isso?” O filho respondeu: “É um corvo”.

Depois de alguns minutos, o pai perguntou ao filho novamente: “O que é isso?” O filho disse: “Pai, acabei de lhe dizer que é um corvo”. Depois de pouco tempo, o velho pai perguntou novamente ao seu filho pela terceira vez: “O que é isso?” Nesse momento, uma expressão de irritação foi sentida no tom do filho quando ele disse ao pai com um tom de desprezo. “É um corvo, um corvo.

Um pouco depois, o pai perguntou novamente ao filho pela 4ª vez: “O que é isso?”

Dessa vez, o filho gritou para o pai:

“Por que você continua me fazendo a mesma pergunta de novo e de novo, embora eu tenha lhe dito muitas vezes ‘É UM CORVO’. Você não consegue entender isso?”

Um pouco mais tarde, o pai foi ao seu quarto e voltou com um velho diário esfarrapado, que ele mantinha desde que o seu filho nasceu. Ao abrir uma página, ele pediu ao filho que lesse a página. Quando o filho leu, as seguintes palavras foram escritas no diário:

“Hoje meu filhinho de três anos estava sentado comigo no sofá, quando um corvo estava sentado na janela. O meu filho perguntou-me 23 vezes o que era, e eu respondi a ele todas as 23 vezes que era um corvo. Eu o abracei amorosamente cada vez que ele me fez a mesma pergunta de novo e de novo por 23 vezes. Eu não me senti nada irritado, eu preferia sentir carinho pelo meu filho inocente ”.

Enquanto a criancinha lhe perguntou 23 vezes “O que é isso”, e o pai não sentiu nenhuma irritação em responder à mesma pergunta todas as 23 vezes e quando hoje o pai fez a mesma pergunta 4 vezes, o filho se sentiu irritado e chateado.

Então … quando os seus pais atingirem a velhice, não os repulse ou olhe para eles como um fardo, mas fala-lhe de uma forma graciosa, mantém a calma, seja obediente, humilde e gentil com eles. Seja atencioso com os seus pais. Diga em voz alta:

“Quero ver os meus pais felizes para sempre. Eles cuidam de mim desde que eu era criança. Eles sempre demonstraram o seu amor altruísta por mim. Eles atravessaram todas as montanhas e vales sem ver a tempestade e o calor para fazerem de mim uma pessoa apresentável na sociedade de hoje”.

Espero que esta história tenha tocado o seu coração tal como tocou o nosso. Lembre-se de amar e respeitar os seus pais enquanto você os tem aqui na terra – eles não estarão por perto para sempre.

Texto traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras

Fonte: Mystical Raven

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!