O caso do jogador francês Kurt Zouma viralizou em todo o mundo após a publicação de um vídeo dele batendo em seu gato como se fosse uma bola de futebol, causando indignação em associações de animais, fãs e também todos aqueles que trabalham com ele – inclusive patrocinadores. Um dos grupos mais diretamente envolvidos foi a marca Adidas, que patrocinava o jogador, e a Vitality, que patrocinou a equipe de futebol no qual Zouma joga.

“Condenamos a crueldade contra os animais e a violência de qualquer tipo”, disse a empresa britânica Vitaly, depois que um vídeo foi divulgado de Kurt Zouma – um jogador do West Ham – chutando seu gato e que seu clube o puniu apenas com uma multa.

Embora o clube inglês West Ham United tenha anunciado uma multa monetária para seu zagueiro após a transmissão do vídeo, para a grande marca esportiva que o patrocina, não foi suficiente e eles decidiram suspender suas relações até que outras medidas sejam consideradas.

“Fechamos nossa investigação e podemos confirmar que Kurt Zouma não é mais um atleta sob contrato com a Adidas”, a empresa disse à AFP.

Através de uma publicação em suas redes sociais, a empresa Vitality afirmou sentirem-se desapontados e comunicaram a medida que entrou em vigor a partir daquele momento:

“Na Vitality, condenamos a crueldade animal e a violência de qualquer tipo. Estamos muito desapontados com o julgamento posteriormente demonstrado pelo clube em resposta a este incidente. Por esse motivo, suspenderemos nosso patrocínio ao West Ham United com efeito imediato ”, compartilharam no Twitter.


“Agora continuaremos a nos envolver com o clube para entender quais ações eles tomarão para resolver a situação”, acrescentou a Vitality.

Até o momento, o jogador de futebol de 27 anos foi multado em duas semanas de salário, supostamente no valor de £ 250.000 (cerca de 1 milhão e 765 mil reais) que será doado para instituições de caridade de bem-estar animal , depois que ele se desculpou publicamente.

“Kurt e o clube estão cooperando plenamente com a investigação e o jogador cumpriu voluntariamente as medidas tomadas na fase inicial do processo, incluindo entregar os dois gatos de sua família à RSPCA para avaliação”, disse West Ham United.

O vídeo em que Zouma aparece maltratando o gato foi publicado pelo The Sun:

Imagem de Capa: Reprodução/Instagram

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!