O tempo cura todas as feridas. É verdade.

Mas quanto tempo demora? Eu costumava pensar que eu curaria depois de um certo tempo. Esse não é o caso da vida.

Cura não tem um cronograma. Eu acredito que a cura acontece de formas que não entendemos. Alguns dias podem parecer que você está no topo do mundo e o passado está atrás de você, enquanto outros quase sentem que não há futuro pela frente. Na maior parte do tempo, não sentimos que estamos nos curando, mas estamos, pouco a pouco, todos os dias.

Cura é difícil. Alguns dias o “porquê” irá destruí-lo e você estará desesperado por respostas que não existem. Outros dias você voltará ao começo e parecerá que não houve progresso. Mesmo nos dias em que você sente que a corrente está indo contra você e você sente que está se afogando, saiba que você não está.

Cura não é simples.

Você não marca uma marca de seleção ao lado de uma lista. Não é uma linha reta ou preto e branco. É uma montanha russa, ela sobe e desce. Cura não é bonita e poética. É confuso e pode ficar feio. Pode estar quebrando e afiado dolorosamente.

Mas também há aqueles momentos em que você é livre e esperançoso, mesmo quando pensa que não tem mais esperança. Nos bons dias, você notará as pessoas que amam você e lutam por você. Você se sentirá apoiado e tão amado; e a cura não será tão distante, porque está acontecendo agora. Esse é o momento em que você deve se segurar. Pois esses são os momentos que aliviam um pouco a dor da cura.

Leva tempo.

Isso acontece da maneira que não esperamos. A cura acontece quando você está caminhando sozinha, só por ti própria(o), e se lembra de tudo que está faltando, tudo o que dói e você se sente de uma vez que mal consegue recuperar o fôlego. Como um esfaqueamento no peito, tudo te atinge de uma vez. Seu corpo parece pesado. Sua mente e seu coração doem. Cura é dor, mas também é triunfo.

A cura acontece ao longo do tempo e não pode ser apressada. É delicada e privada. Cura é um processo cotidiano. Você tem que ser paciente consigo mesmo e se esforçar para ser corajoso o suficiente para se curar.

A verdade é que você sempre terá uma cicatriz, mas essa cicatriz será um lembrete de sua sobrevivência. Você vai olhar para ela e pensar: “Eu consegui”. A cicatriz será a prova de quão graciosamente você curou.

Cura não é fácil, mas vai acontecer, apesar das provações, a cura virá e você ficará bem.

Traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras

Fonte: Thought Catalog

Autora: Corinn Lily

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!