A depressão é sem dúvida uma das principais doenças do século XXI, principalmente devido ao estado da nossa sociedade, quer ao nível económico, com famílias a terem cada vez mais dificuldades financeiras, quer ao nível ambiental, com o planeta a ficar cada vez mais “doente” devido às más acções humanas, quer ao nível social, com o isolamento provocado muito pelo crescente uso das redes sociais, entre outros problemas.

Contudo, existem diversas formas de aliviar sintomas de depressão que, juntamente com o acompanhamento profissional, podem ter excelentes resultados, como por exemplo, ao nível da alimentação.

Assim sendo, aqui tens 5 nutrientes que te podem ajudar a combater a depressão, que possivelmente desconheces:

1. Zinco

Se sofres de depressão, deves considerar acrescentar mais zinco à tua dieta ou tomar suplementos de zinco. Uma metanálise publicada em dezembro de 2013 na revista Biological Psychiatry fez 17 estudos e descobriu que os portadores de depressão tinham cerca de 14% menos zinco no sangue do que a pessoa média. Além disso, pessoas com depressão grave tinham os níveis mais baixos de zinco.

2. Ácidos gordos de omega-3

Os ómega-3 não ajudam apenas na produção de serotonina no cérebro, mas também aumentam o sistema imunológico, o sistema endocrino, os pulmões, o coração, os vasos sanguíneos, o cérebro e o humor, de acordo com o NIH. Os ácidos gordos de ômega-3 também são um antiinflamatório, o que é importante, já que se descobriu que a depressão é causada, em parte, pela inflamação no cérebro. As mulheres devem receber 1,1 gramas por dia, e os homens 1,6. Boas fontes de ômega 3 incluem salmão, atum, sementes de linhaça, sementes de chia e nozes.

3. Vitamina B12

Um estudo finlandês descobriu que as pessoas que são tratadas para a depressão mostraram maior sucesso se também tivessem altos níveis de vitamina B12 na corrente sanguínea. O estudo acompanhou 115 pacientes que procuraram psiquiatras e terapeutas para tratar casos de depressão grave. Quando os pesquisadores acompanharam os pacientes seis meses após o término das suas sessões de aconselhamento, descobriram que as pessoas com os níveis mais altos de vitamina B12 tinham menor quantidade de sintomas depressivos.

4. Vitamina D

Um estudo na Holanda descobriu que adultos com baixos níveis de vitamina D tinham sintomas de depressão. O corpo absorve a vitamina D da luz solar, mas se morares numa zona sem muito sol, podes tomar suplementos ou até mesmo tentar a “terapia de luz”. Para crianças até 12 meses de idade, os especialistas recomendam 400 UI. Adultos com idade entre 19 e 70 anos são recomendados a consumir 600 UI por dia.

5. Ácido fólico

De acordo com um artigo do Indian Journal of Psychiatry, uma deficiência de ácido fólico pode causar depressão. Pesquisadores citaram que, de acordo com as suas descobertas, pacientes com depressão tinham 25% menos níveis de ácido fólico do que a média das pessoas. “Sintomas depressivos são a manifestação neuropsiquiátrica mais comum da deficiência de ácido fólico”.

Traduzido e adapatdo pela equipa de Sábias Palavras / Inspiring Life

Fonte: Power of Positivity

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!