Tem gente que escolhe ser feliz

Sabe, eu sou uma pessoa feliz, verdadeiramente feliz, do tipo que não importa o que aconteça vai arrumar algum motivo para sorrir, eu sou tão feliz que as vezes as pessoas chegam a ficar irritadas, porque elas não conseguem entender o motivo de tanta felicidade. Lógico que eu também tenho meus dias ruins como todo o resto da humanidade, mas eles não são muitos.

E ai me aparece uma amiga, que eu ADORO e que é uma pessoa ótima, mas que SÓ reclama. Entra dia, sai dia e toda vez que a fofa vem falar comigo é uma desgraça nova. Já até comecei a pular a parte do “tudo bem?” das conversas informais no face, porque já sei que lá vem pedrada.

Eu sei que consolar amigas faz parte, mas depois de dois meses falando a mesma coisa, você espera que a linda já esteja melhor néam?! Porém não, porque, aparentemente, a cada vez que ela resolve um problema ela arruma mais dois.

Gente, vamos lá, prestem bastante atenção nisso, essa pessoa quer ser infeliz! É uma escolha, não importa o que a amiga linda dela diga, ou quantos caras gatos cheguem nela, ou quantas coisas boas aconteçam na vida dela, porque ela vai sempre, S-E-M-P-R-E, achar um novo problema, uma nova desgraça pra chorar.

Ai você pensa “coitada, ela está deprê”.

E eu te respondo, então sai da deprê caramba! Sério gente, só fica na bad quem quer ficar na bad.

A equação é muito simples:

Você tem um problema. Um exemplo besta: o mais novo boy maravilha não te responde no Whatsapp. O que você pode fazer para RESOLVER esse problema? Nada.

O celular é dele, o dedo é dele e a vontade de responder idem. Sendo assim, a não ser que você faça a Shakira (loca loca, loca…) e obrigue o rapaz a te responder com ameaças ou qualquer coisa assim, você não pode fazer absolutamente nada. Então aceita que dói menos.

Aceita, larga o celular, liga o foda-se e vai fazer alguma outra coisa, tipo seguir com a sua vida.

A partir do momento que você ligar o foda-se isso passa a não ser mais um problema, é tipo uma mágica. Você simplesmente deixa pra lá, porque não há mais nada que você possa fazer.

Mas perceba, o que eu estou tentando dizer aqui, não é pra você tocar um foda-se pro mundo, mas sim para você analisar o problema, encontrar as soluções possíveis, escolher uma delas e seguir com a sua vida. Sem choro nem vela. Em outras palavras, não fique morando com o problema, totalmente na inércia, na indecisão, esperando as coisas acontecerem, faça alguma coisa para tirar isso da sua lista de problemas. Nem que para isso, você tenha que simplesmente aceitar que aquele problema não tem solução.

Isso minha amiga, é escolher ser feliz. ESCOLHER entendeu bem? Porque você não espera que a felicidade venha e de um tapa na sua cara, você vai atrás dela.

FONTERelatos de uma Vida
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS