Foi sem o teu amor que eu aprendi a me amar.

Achei que sem você, o amanhã seria terrível de suportar, que tudo iria parecer tão sem graça, que eu não iria conseguiria te superar. E foi mais fácil do que eu imaginava, tudo já estava tão raso que eu nem senti a maré recuar, tudo já estava tão sem graça que eu nem percebi quando comecei a rir e não me importar mais, tudo já estava tão morto que foi fácil me dar conta de que sem você, tudo voltaria a ser como era antes. Sem brigas, sem estresse, sem seus abusos e suas exigências. Você que acabou com a confiança. Me fez te cobrar explicações e eu nunca fui de perder tempo com isso. Você me fez ligar pro seu amigo pra ter a certeza de que você estava na casa dele, eu sempre achei isso coisa de gente desequilibrada e insegura. Você me fez perder tempo fazendo perguntas que você nunca respondia, tentando entender coisas que você jamais esclarecia. Relacionamento é pra ser transparente e sincero, não é? Por quê você insistia tanto em não ser?
Você me fez perder o controle de mim, esquecer de mim nas horas que eu mais precisaria. Você me fez tomar um rumo que eu não conhecia, entrar em caminhos que não me levaram a lugar algum, e correr atrás de você como um cachorro corre atrás de um galho. Eu me sentia péssima, você me fez se sentir assim. Você me fez acreditar ser quem eu não era. Você me transformou em alguém que eu não queria ser. Você me fez sentir mal comigo mesma, por acreditar em você quando você mentia. Por achar que eu estava errada porque você dizia estar certo. Seus amigos me achavam maluca, minhas amigas diziam que eu era burra. Você me fazia de idiota pros outros. Cedo ou tarde a gente sempre descobre coisas que machucam. Sempre aparecem respostas pra aquelas perguntas antigas. Quando a gente decide manter o que machuca a gente, a ferida nunca sara, sempre volta a doer. Eu tinha decidido te perdoar, fazia tanto tempo. Eu tinha escolhido deixar os momentos bons pesarem mais. Tentei levar isso até onde deu, juro. Mas é que o amor é pra ser amigo, ameno, parceiro. E você já estava longe disso. Tudo passa com o tempo. E o tempo passava e eu não acreditava. Amanhã é outro dia. Até que um dia eu acordei sem te perceber e me percebi. Ainda doía ver como pude me apaixonar por alguém que nunca mereceu. Como permitir que tudo isso acontecesse. Dizem que decepção não mata, ajuda a viver. E eu tô vivendo, me tornando alguém melhor. Você que acabou com o amor bom, livre e saudável que eu te dei. Você que trouxe as brigas, as dores de cabeça e o desgaste dele. Você colocou toda a culpa em mim, como se eu nunca tivesse me importado com a gente. Apesar dos seus erros, eu nunca tive coragem de nos deixar. Preferi esquecer e acreditar em mudança. Todo mundo erra, não era isso que você sempre dizia? Preferi acreditar que você iria amadurecer com os erros, que iria mudar pra melhor, que cumpriria com todas as suas promessas de mudança. Você mesmo dizia que faria isso por mim. E esperei muito por isso. Até que escolhi seguir em frente e te deixar pra trás. E foi abrindo mão de você que eu me encontrei, foi sem o teu amor que eu aprendi a me amar. E me amando, me tornei outra. E sendo outra, não existe mais você. Não tem a menor possibilidade de existir.

FONTEIandê Albuquerque
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS