Você não precisa encontrar a pessoa perfeita

Você vai passar anos tentando encontrar a pessoa perfeita. Vai procurar o homem dos seus sonhos. Ou a mulher que você sempre imaginou que estaria disponível para ti.

Sabe, nem todo mundo é perfeito. Essa pessoa vai te decepcionar e você vai ficar muito frustrado quando descobrir que até a pessoa que você ama tem defeitos. E não serão poucos os defeitos. Serão vários. Muitos deles podem te fazer pensar em desistir. Mas todos eles vão te lembrar de uma coisa: que a humanidade de cada um está aí.

Pensa bem, você acha mesmo que perfeição existe? Que você vai encontrar alguém que vai corresponder todas as suas expectativas?

Procure um amor que acorde despenteado, que cante desafinado, que faça o café muito ralo ou muito forte. Que acorde com bafo e não tenha vergonha de te dar um selinho de bom dia. Procure um amor que te despenteie também. Que respeite seu bafo matinal e seu café que também sai errado. Encontre alguém que te diga que o mundo pode estar estranho, mas que sua companhia é o melhor presente.

Procure alguém que ria com você quando as suas crises começarem: sejam elas de riso ou de desespero mesmo. Procure um sorriso, não um assistente pessoal. Procure pessoas boas, não aquelas que se esforçam demais para serem o que não são. Procure alguém que, com todos os defeitos do mundo, não seja volúvel. Alguém que confie em você e não mude de opinião a cada conversa que tem com alguém. Procure alguém que cumprimente o porteiro.

Só não vale aceitar os defeitos do outro para viver uma fase de abusos. Inadmissível.

Procure alguém que tenha lá seus defeitos, não uma má pessoa.

Encontre alguém que também te aceite, no topo da sua imperfeição. Alguém que saiba que mesmo seus dentes não sendo os mais brancos do mundo, formam o sorriso mais honesto que já conheceram. Encontre alguém que te mostre que a perfeição também pode ser moldada e que o maior dos defeitos pode ser encarado com bom humor.

Aquela pedra no sapato pode ser só o começo da procura por algo mais sólido, mais racional.

Aquela pessoa que um dia você achou perfeita, vai ficar muito melhor quando vista como mais um ser humano, cheio das dúvidas, defeitos, qualidades, amores, dores e tudo mais.

Escrito por Juliana Umbelino, colunista do Sábias Palavras.

Escritores-01






COMENTÁRIOS