VOCÊ FICA IMAGINANDO COMO SERÁ O SEU AMOR?

Você também, quando tá quietinha, fica inventando o seu ”amor”?

 

Tipo: imaginando como seria bom cuidar de alguém e também ser cuidado pela mesma pessoa: amar, respeitar e ser feliz para sempre? Ou sei lá, enquanto dure?
Éééé… conhecer alguém incrível? Montar uma família e realizar seus sonhos?
Eu faço isso, sabia? Quase todos os dias. Não é sempre. Mas eu vivo imaginando o meu amor. É uma vez ou outra, quando acordo pela manhã ou quando ouço uma música bem dengosa, que imagino a mãe dos meus filhos. Quando vejo fotos de casais felizes ou quando leio um texto de romance; é aí que sempre acabo fantasiando o meu amor. Criando, em mente, tudo que eu queria que acontecesse dando aquela vontade imensa de amar alguém. E isso acontece praticamente quase todo dia. Quase.
Você também já imaginou isso? Ou só eu? Será que chegou a minha hora de querer alguém pro resto da vida? Será que devo acreditar no próximo para sempre? Sei não, hein? Mas faz um tempinho que tô todo amolecido, dengoso e carente, preparado para querer alguém na vida e, realizar comigo, todos os meus sonhos.
Tô meio que sensível. E tudo anda me tocando profundamente. Assisto um monte de filmes e, em qualquer cena-romantizada, fico imaginando sendo o personagem principal. Vejo várias fotos de casais e já fico imaginando eu alí, na mesma imagem, bem bonitinho com alguém.

Você já acordou de manhã querendo amar? Imaginando o seu amor sem tê-lo ainda em mãos? Já aconteceu isso contigo também?
De levantar cedo, preparar o café e levar na cama? Um pãozinho com manteiga e café-com-leite, ou pão-de-queijo com um leite com toddy? Uns biscoitos também, torradas e um suco de laranja, ou um danone? Tipo; o que a pressoa preferir, afinal, você vai saber do que ela gosta, né? Já ficou imaginando essas coisas?
De viajar por aí, conhecer o mundo, a vida; respirar outros ares, se banhar em outras cachoeiras, se perder no caminho e ficar alí sem se preocupar em voltar pra casa. Conhecer as melhores praias, andar descalço de mãos dadas pela areia, tirar um monte de fotos enquanto o vento sopra em seu rosto abrindo o seu sorriso fazendo você pensar o quão é bom estar alí com alguém especial. Cê me entende? Já sonhou em fazer tudo isso com alguém?
Acampar no meio da natureza, das árvores, das plantas, da paz. Fazer amor dentro da barraca, ou fora. Ler um livro enquanto o outro descansa em seu colo. Fazer um suco enquanto o outro prepara algo para comer. Saber dividir as tarefas sem brigas, sem discussões; só entendimento, compreensão e fazer uma piada engraçada para rir dentro de cada atividade feita? Já pensou nessas coisas?
Ter um bom emprego. Um carro do ano. Conquistar a primeira casa própria com aquele quintal enorme para soltar, alí num gramado verde, os seus cachorros preferidos. Construir uma família. Ter um filho, dois, três, quatro, dez. Tipo um time de futebol? Brincadeira. Quantos a vida te proporcionar, tá ótimo. E dar, para cada um deles, uma boa educação ensinando-os o lado bom e certo da vida. Porque o amor, a educação e o caráter, vem de dentro de casa, certo? Já imaginou isso?
Eu já.
Ter aquela sacadinha simples. Não tão grande. Onde tenha espaço para convidar a família, os amigos. Fazer um almoço no domingo, ou um churrasco no sábado. Montar aquela rodinha de pessoas verdadeiras e, estar alí, só com pessoas do bem, e ao lado do seu grande amor falando só de coisas produtivas… deve ser tão incrível ser assim, amar alguem na simplicidade, né?
Eu penso nisso quase todos os dias. Sonho toda noite. Só ainda não encontrei com quem realizar todos esses desejos e vontades. Mas estou aí, à procura e, sei lá, hein? Cuidado! Vai que um dia eu acabo encontrando?
E você, já acordou querendo amar e já imaginou tudo isso com alguém?
Escrito por Fernando Oliveira.
COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS