Você é uma pessoa tão completa que não merece ser amado pela metade

Não somos seres incompletos. Não precisamos de metades de laranjas para sermos felizes. Somos laranjas, limões, pêssegos e inúmeras outras frutas rodando pelo mundo, ao ar livre.

Às vezes temos a sorte de encontrar outra fruta que rode no mesmo ritmo. Então, começamos a passear juntos, passeios que podem durar a vida inteira ou acabar num instante.

Um pêssego pode combinar perfeitamente com uma laranja, se ambos estiverem dispostos a ter uma vida em comum e forem capazes de respeitar suas diferenças e suas coincidências.

Se você me quer, queira-me inteira,
não por zonas de luz ou sombra.
Se me quer, queira-me negra.
E branca, e cinza, e verde, e loira,
e morena.
Queira-me dia.
Queira-me noite.
E madrugada na janela aberta!

Se me quer, não me recorte:
Queira-me toda… ou não me quer!

– Dulce Maria Loynaz –

Você não merece ser amado pela metade

O amar e o respeitar andam de mãos dadas

Fazer muros em seu próprio sofrimento é se arriscar a ser devorado desde seu interior.
Frida Kahlo

O grande engano das meias laranjas e dos amores Disney nos leva ao ponto em que acabamos vendo estes amores como normais. Nos conformarmos com esse tipo de amor é nos condenarmos à solidão…

Quando as cores médias, “agora sim, agora não” ou  o “talvez amanhã me interesse” se instauram em nossas relações… o panorama não é favorável. Melhor dizendo, deve-se amar em plenitude e dando tudo o que é saudável que demos de nós mesmos.

Isso não é apenas uma questão de princípios, mas também de respeito e de consideração com nós mesmos. Não é justo nem saudável dar amor sem receber, pelo menos, algo que faça com que nos sintamos bem.

Estamos de acordo em que o amor deve ser desinteressado, mas isso não quer dizer que deva ser enganoso. Ou seja, se você sofre porque lhe deram uma pá de cal e outra de areia, é hora de pensar em abandonar o jogo e construir um bom castelo. Ninguém merece ser amado pela metade.

As pedras no caminho

O amor que todos merecemos é um amor em plenitude

Você merece um amor que te queira despenteada, com tudo e com as razões que te fazem levantar com pressa, com tudo e com os demônios que não te deixam dormir.

Você merece um amor que te faça sentir segurança, que te faça capaz de superar o mundo se caminhar ao seu lado, que sinta que seus braços se encaixam perfeitamente com sua pele.

Você merece um amor que queira dançar com você, que visite o paraíso cada vez que olhe seus olhos e que não se entedie ao ler suas expressões.

Você merece um amor que escute quando você canta, que te apoia nos momentos ridículos, que te respeita se você for livre, que te acompanha em seus vôos, que não se assuste ao cair.

Você merece um amor que leve as mentiras, que te traga sonhos, o café e a poesia.

– Frida Khalo –

Não é que os demais tenham que adorar cada parte de ti ou cada mania sua, mas quem ama de verdade não tentará mudá-lo ou manipulá-lo. Cada pequeno gesto faz de nosso ser e de nosso mundo algo exepcional que merece consideração.

Ninguém merece ser amado pela metade

Devemos deixar que nosso acompanhante nos ame como quiser e não como nós desejamos, mas sempre voando com as asas da liberdade. Isso significa que ninguém tem o direito de nos alterar nem de nos julgar.

Nesse sentido, não podemos nos deixar levar por nossas necessidades ou por nossa concepção do amor ideal. Temos que estabelecer as bases do respeito, da aceitação e da reciprocidade.

Não merecemos que nos amem pela metade. Merecemos que nos demonstrem que o fazem e, para isso, é fundamental desativar os egoísmos. Porque, simplesmente, um amor verdadeiro não se aproveita de ninguém, nem mesmo de uma situação.

Ser profundamente amado dá forças, amar alguém profundamente dá coragem.
– Lao Tse –

Texto original em espanhol Raquel Aldana

FONTEA Mente É Maravilhosa
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS