Tô sobrevivendo sem você.

Depois que você foi embora eu fiquei. Fiquei esperando o tempo passar com a esperança de que você pudesse voltar. Fiquei querendo que você voltasse, que a gente reatasse, sabe? Eu te via online e me segurava pra não falar. Eu te via saindo, postando fotos novas no instagram e me segurava pra não comentar. Eu te via levando a tua vida sem mim e eu me segurava pra não te perguntar se você sentia minha falta. Eu sentia sua falta, mas eu me calava. Eu sentia saudades de você, mas eu não dizia. Eu tinha medo de que você encontrasse outra pessoa, eu tinha medo de que, um dia, você aparecesse com outra pessoa, que alterasse os status no Facebook. Eu tinha receio que você me esquecesse porque eu sabia que não iria te esquecer tão cedo. Doeu, confesso. Mas finalmente eu percebi que você só tinha seguido em frente porque você tinha deixado de olhar o passado enquanto eu me agarrava a ele. E então eu larguei todo aquele peso que eu insistir em carregar e segui também. Não existe sensação melhor quando a gente consegue superar uma decepção, e rir do que um dia, fez a gente chorar.
Cê agora aparece dizendo que sente saudades, não é? E então eu te pergunto, onde é que você estava quando eu queria te ver, quando eu queria um só abraço teu, quando eu te ligava e você nem atendia, quando eu enchia o teu celular de mensagens e você sequer lia. É péssimo sentir saudade de alguém e esse alguém não se importar com você, não é? Você já foi a minha saudade, cara, e cê nem se importou. Nessas voltas que o mundo deu, agora sou eu o alguém que não dá a mínima pra tua saudade.
Agora você aparece dizendo que eu mudei, mas você foi quem me fez mudar. Você que me fez ser mais fria com você, você que me fez cansar de você. Cê que foi o culpado por eu ser curta e grossa, por não ter mais interesse, por não me esforçar mais por você. Você que me fez mudar, porque eu cansei de ser pra você alguém que você nunca mereceu, cansei de me tentar aparecer, de ficar por você, de insistir em você. Você que me fez mudar, sumir, não mais me importar, porque eu cansei de te tentar, tentar, tentar, por alguém que nunca se esforçou por nós. Eu mudei sim, mudei por mim e se isso não te agrada mais, melhor assim.
Dizia que me amava, mas ficava na sua, tinha orgulho, se ausentava. Dizia que sentia saudades de mim, mas sumia, me via online e sequer me respondia. Cê tinha esse medo de parecer estar na minha, não era? Você achava que se ausentando eu correria trás, que não dando tanto bola eu me apaixonaria mais, que demorando pra me responder de propósito eu continuaria te enviando mensagens. Você se enganou, morreu com o próprio orgulho e eu lamento muito por isso. A gente podia dar tão certo, a gente poderia fazer tantas coisas, mas por você, acabamos não dando em nada.
FONTEIandê Albuquerque
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS