Seja a saudade de alguém.

Você já pensou que pode ser a saudade de alguém?

Por vezes, a saudade é um sentimento negativo. A saudade machuca, arde, faz corroer os nervos, aperta o coração, alfineta as lembranças e mantém as esperanças sempre em erupção. O que eu quero dizer, é que existe um lado muito positivo nessa palavra, que poucas pessoas conseguem perceber.

Quando estamos com alguém, na maioria das vezes, estamos com as emoções à flor da pele e não racionalizamos que as experiências se tornam recordações, e que são elas que causam as temidas dores de cabeça no estágio de desilusão ou esquecimento. Em palavras mais simples, se oferecermos o nosso melhor para alguém, a única consequência grave de um término, será a falta de um dos lados.

A reciprocidade existe para que cada integrante do relacionamento, cumpra devidamente a sua parte. Não adianta tentarmos fazer acontecer de forma unilateral. Existem dois lados que precisam de suporte para se equilibrar, duas pontas que devem ser sustentadas por sentimentos em comum, por vontades, planos e desejos mútuos. Portanto, fazer o que está ao seu alcance, sem deixar transbordar, já é o suficiente para solidificar uma relação. Coerência é uma palavra de bastante importância, considerando que as promessas andam interligadas com as atitudes. Fale menos, e faça mais.

Ser a saudade de alguém, é deixar o seu melhor latejando no subconsciente do outro. É agir prosperando o bem, é se dedicar e surpreender quando menos se espera. Quando você sentir que não está recebendo o quanto está se doando, é o momento de rever todo o contexto. Você nunca vai perder por se entregar, por acreditar ou confiar demais. Quem perde, é quem deixa de valorizar no momento apropriado e passa a valorizar quando não existe uma segunda chance.

Como lidar com a saudade?

Por vezes fazemos besteiras, criamos planos mirabolantes, falamos o que não queremos, assumimos as crises, reconhecemos os defeitos, economizamos o nosso melhor perfume e gastamos muito dinheiro com bebidas fortes. Somos fracos. De que adianta sentirmos a falta de alguém e permanecermos com os braços cruzados? Arrisque, corra atrás e não se acomode. A vida é uma só, o tempo está passando rápido. Nem tudo é como queremos, não faça com os outros, o que você não gostaria que fizessem com você. O perdão solicitado amanhã, pode ser tarde demais. Se mexa hoje.

Deixe sorrisos por onde passar. Qualquer mínimo sinal de alegria é contagiante, eternize a paz interior. Não existe nada melhor do que deitar e dormir com a consciência tranquila. Respeite para exigir respeito. Não seja hipócrita, defenda apenas um argumento e siga com ele até o final. Jogue fora qualquer tipo de mágoa, ocupe esse espaço com sabedoria.

A saudade não traz nenhum grande amor de volta. A única ferramenta que possibilita recomeços é a própria vontade. Que tal fazer diferente dessa vez? Não cometa os mesmos erros, reconquiste cada dia e sempre mais, supra às necessidades que faltaram, controle a dose do que excedeu os limites. É difícil esse equilíbrio, eu sei disso, mas atitudes iguais não geram resultados diferentes. Toda semente plantada no presente, é um fruto colhido no futuro.

Não perca o tesão. O calor e o fogo são elementos essenciais para alimentar a paixão. Não escolha a cama porque está mais fácil, não queira fazer amor de roupa porque é mais rápido. Não aceite migalhas. Sexo é o sinônimo da entrega absoluta de corpos e almas. Apague a luz, sinta a energia, é normal sentir receios de chegar alguém e, acredite, o frio na barriga é a melhor sensação do mundo. Não tenha medo de mudar, deixe a vergonha sentir orgulho de você. Não tenha pressa, tire uma peça de cada vez. Não se engane, permita-se gozar. Vivemos em uma época de livre expressão, portanto, é permitido gemer alto. Se quiser ir mais fundo, você pode gritar, também. Não tem nenhum problema em ser você, apenas seja. Passivo, ativo ou relativo. Nada disso importa.

Não guarde tudo para você, não seja egoísta. Compartilhe, saiba dividir quando necessário. Brinque, mas saiba a hora certa de agir com seriedade. Deixe a saudade sentir saudade de você. Faça tudo o que tiver vontade, aproveite todas as oportunidades concedidas. Não dê tempo ao tempo, compre um relógio e controle os seus sonhos. Só dessa forma você vai perceber que, embora tenhamos muitos motivos para chorar e querer desistir, sempre vai ter alguém, seja lá quem e onde for, desejando novamente o que um dia oferecemos.

Mesmo sem saber, somos o exemplo de alguém. Vivemos em sonhos e idealizações, causamos insônias, despertamos a curiosidade alheia, nos tornamos referência, ensinamos alguma lição boa ou ruim, causamos lágrimas e sorrisos. Estamos constantemente em julgamento, seja da sociedade, do preconceito ou da ignorância. Reclame menos, e agradeça mais.

Quem disse que viver seria fácil?

Olha eu, aqui…

Te querendo de volta e fazendo por meios para te reconquistar. Que isso sirva de exemplo. Afinal, por mais que seja complexo seguirmos os nossos próprios conselhos, o amor é amor em qualquer caso ou acaso.

Sobre essa saudade absurda que eu sinto de você?

Depende muito…

Hoje, por exemplo, eu fiz brigadeiro e estou assistindo o vale a pena amar de novo.

Traz o edredom quentinho e vem fazer o meu final feliz?

Escrito por Jéssica Pellegrini, colunista do Sábias Palavras.

Escritores-01






COMENTÁRIOS