Se for pra ser, até os ventos soprarão a favor de nós.

Eu não me lembrava ao certo da última vez que eu tinha me ajoelhado a noite para pedir algo a Deus e também não me lembrava mais a última vez que tinha chorado tanto assim.

Ontem à noite, depois de meses, depois de meses sem saber se eu acreditava se Ele ainda me ouviria, se Ele ainda se importaria, eu tentei. Eu tentei com todas as forças que restam dentro do meu coração.

Eu pedi pra Deus, pedi pra mim e por pensamentos, pra você, pra que as coisas enfim se ajeitassem. Se fosse pra ser, se fosse finalmente.

Que se fosse pra ser, que existisse sentimento de mudança para mudar tudo aquilo que estava de errado antes e que existisse muito amor, para levar a vida daqui para uma eternidade.

Se fosse pra ser, que fosse pra sempre.

Mas se não fosse, meu amor, se não fosse.. Que você não chorasse mais, que eu não chorasse mais. Que cada um conseguisse seguir sua vida e nos desprendêssemos do laço invisível que une nossas almas atualmente.

Se não fosse pra ser, que nós conseguíssemos caminhar com lembranças boas e que daqui a um tempo pudéssemos conhecer alguém legal que se adequasse a nosso estilo de vida, de pensamento e de sentimento.

Aí eu me vi chorando tudo de novo,  ao pensar que talvez não era pra ser eu me vi em lágrimas, em prantos, em desespero, porque eu quero que seja.

Quero que os ventos soprem a favor, que Deus abençoe nosso amor e que seja pra valer.

Eu quero que seja.

Mas se não for, não quero que soframos por amor, se descobrirmos que não for.

Saiba que eu quis que fosse.

Sinto muito. Eu tentei.

FONTEAriane Moura
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS