Um grupo de fotógrafos russos escalou ilegalmente a Grande Pirâmide de Gizé, no Egito. Eles se esconderam de guardas por quatro horas após o fim das visitas e começaram a subir. Segundo um dos fotógrafos, escalar a pirâmide pode dar punição de um a três anos. Mas valeu a pena. “Fiquei sem palavras”, ele escreveu. “Senti um prazer arrepiante, uma felicidade absoluta.”

Vejam as fotos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS