tumblr_inline_mr8anmPrp61qz4rgp

É que em alguns dias me sinto tão forte e em outros tão fraco, preciso de um refúgio, um cantinho qualquer onde possa esconder minhas lágrimas, ai eu vejo que então, não sou toda essa fortaleza e começo a olhar pra mim mesmo. Mas espera aí, sou forte sim, mas também choro. Sou humano. Sou completo. Sou assim. Quero que as coisas aconteçam logo, não suporto esperar. Quero que as minhas quedas não me impeçam de ficar de pé e olhar pra a frente. Quero continuar errando, quero continuar imperfeito. Quero fugir do comum, do igual. Quero continuar sendo eu. Quero sorrir de verdade, chorar muito, sentir medo, dor no estômago de tanto rir, frio na barriga, nó no pescoço… Quero sentir as coisas funcionando e mudar de planos quando tudo der errado. Quero continuar aprendendo e nunca deixar de ser criança. Quero sentir o sol e sentir meu nariz congelando no frio. Quero sentir o cheiro do café a tarde, cheiro da terra molhada pela chuva, cheiro de vida. Quero continuar apreciando tudo aquilo de singelo e descomplicando tudo que for complicado. Quero resolver o que for possível e deixar de lado o que não tiver solução. A vida não é tão complicada, mas nem tão fácil assim, tudo depende de como você vai encarar as coisas. Quero continuar sendo eu, chato e doce. Não preciso saber de tudo, nem tão pouco ser racional. Quero continuar mantendo meu cérebro onde ele se encontra: No meu coração. E que essa continue sendo a melhor parte de mim.

 

Baseado no texto de Clarissa Correa

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS