Quando a desmotivação aparece, o que fazer para eliminá-la?

Às vezes é tão difícil manter o foco no que estamos fazendo que parece melhor ir embora do escritório ou deixar para outro dia a tarefa que estávamos realizando.

Quando não estamos motivados ou concentrados, tudo parece ser muito mais difícil… Você se detém a cada dois minutos, suspira e se esforça para encontrar a vontade de continuar… mas parece que de vez em quando ela tira férias.

Quando você quer alcançar um objetivo e não consegue se concentrar, não apenas passa a se sentir confuso e triste, mas também aumenta o seu nível de ansiedade e estresse.

A motivação é o combustível do qual precisamos para impulsionar a nossa conduta, o motor que nos ajuda a avançar, uma peça chave do quebra-cabeças que chamamos de “projeto”. Ela também nos ajuda a sermos mais produtivos, criativos e até felizes.

Então, por que é tão difícil estar motivado e tão fácil perder o rumo?

A desmotivação pode se transformar em uma grande bola de neve.

Esta metáfora é muito interessante e se enquadra perfeitamente nesta situação. Obviamente, quando não estamos atentos ao que fazemos, demoramos muito mais para terminar. E não só isso, os outros assuntos vão se acumulando e acumulando…

Mas em vez desta situação se transformar em um novo desafio, olhamos para a quantidade de papéis ou a lista de tarefas por fazer e fica mais difícil se encher de vontade e começar a trabalhar como deveríamos.

exercicios

A desmotivação costuma estar relacionada com a falta de interesse em relação à meta ou a não ter definido corretamente o objetivo a alcançar.

Se não sabemos para onde vamos…
como podemos dizer qual direção tomar?

As seguir apresentamos as principais razões que levam à desmotivação e falaremos sobre como é possível combatê-las, mas é preciso adicionar o componente principal da persistência para obter sucesso.

– O medo: você pode achar que tem certeza das suas metas, mas talvez se você começar a mergulhar no seu interior perceberá que está tremendo de medo. Se você tem que explorar um território novo e sair da sua “zona de conforto”, talvez experimente esta sensação.

Você sentirá como se fosse dar um passo no ar e por isso não quer ou não pode continuar avançando. Esta é uma forma de se desmotivar. Para evitar que isto aconteça, é preciso detectar os temores e desenhar uma estratégia que lhe permitirá ir degrau por degrau, avançando lentamente, mas com segurança.

Planeje os seus objetivos!

– Os objetivos errados: como dissemos anteriormente, se os objetivos não estão claros ou não estamos alinhados com eles, poderá ser mais difícil cumprir com as tarefas designadas pelos outros ou por nós mesmos.

Se cada vez é mais difícil você se concentrar no trabalho, talvez o motivo seja que você não está em sintonia com as diretrizes da empresa ou que você prefira estar em outro lugar.

Revise quais são as metas a cumprir e, no caso de não serem as suas próprias, você sempre poderá dar um jeito de satisfazer as suas necessidades.

– O excesso de futuro: isto quer dizer que se você está muito preso ao que vai acontecer amanhã, não poderá nunca se encarregar das coisas de hoje.

mulher-refletindo

Enquanto você está fazendo uma atividade, a sua mente deve estar concentrada nela e em nada mais. Se você estiver pensando na lista de compras, no programa do fim de semana, nas tarefas domésticas, na data do seu pagamento, na prova da semana que vem, no encontro de hoje à noite… será muito difícil permanecer motivado.

Lembre-se de que o que você faz no presente deve servir para alcançar o que você fará no futuro. Se você tem tantas coisas para fazer quando termina o seu dia de trabalho, então coloque mãos à obra e acabe de uma vez com as suas obrigações! Assim você terá mais tempo livre para aproveitar como você desejar.

– O cansaço: há certas épocas do ano nas quais não conseguimos nos concentrar em nada. Além da ansiedade por estar na praia, na montanha ou dormindo até tarde, a desmotivação aparece quando estamos muito cansados.

Acumulamos pressões por tempo demais! Dormir bem é o melhor conselho nestes casos, pois permite que o cérebro se afaste de tanta saturação de informação. Você vai ver que fica mais fácil se concentrar e conseguir que o tempo passe mais rápido. Os seus dias de descanso chegarão antes do esperado!






COMENTÁRIOS