Poderia ser a gente, mas você não colabora

E quando vai mudar de ideia?
Eu me pergunto isso todo dia.
É que cada vez mais eu me sinto certo de que poderia ser a gente, mas você realmente não colabora. Você me desvia e me deixa perdido. Me vejo num navio de indecisões onde não sei se insisto ou desisto.

Eu poderia ser o comentário que você ia gostar de ler nos seus posts cheio de indiretas. Seria o seu abraço virtual. Eu poderia ser o link engraçado para melhorar o seu dia. Eu poderia ser o muffim para acompanhar seu frapuccino do Starbucks. Poderia ser a cobertura extra do McDonald`s. Eu poderia ser o refil do Burger King. Eu poderia ser tudo de bom nesse mundo para você, mas você não colabora.

Será que você é daquelas que olha para a quantidade de seguidores que eu tenho no Instagram? Será que você se importa se o cara é ou não popular?

Eu não tenho certeza de nada além de que cada pergunta minha é uma visualizada sua.

Já embarquei naqueles clichês de quem quer alguém. Já escrevi uma mensagem bonita para te enviar mas renuncei na hora de mandar. Já parafrasei músicas que encaixavam as letras do seu nome – eu acho que sou louco. Já te coloquei em refrões que nem faz ideia que existem: “Eu não vou mais olhar pra trás, porque hoje tenho a seunome para ficar em paz”.

Do que será que você gosta?
Ou melhor, será que você gosta de algo ou de alguém?
Será que você ia gostar do meu jeito destrambelhado de ser no shopping, ou só gosta das vitrines? Eu não sei dizer, porque poderia ser a gente mas você não colabora.

Eu curto suas fotos e fico de olho nos comentários. Lá tem gente que te flerta escancaradamente nas suas selfies: “que gata, hein? Te mandei inbox ;)”, lá tem gente que comenta “top”, tem gente que ri “kkkkkkk”ou “hahahaha”, tem gente que comenta “irado”, tem também elogios nas suas fotos da academia: “uau, que magra”.
E tem eu: ¯\_(ツ)_/¯ Às vezes comentando com emojis que não significam muito, outras só um =).

Realmente não tenho muito para te oferecer não.

E o mais triste é que eu não sei se você gostaria do pouco que tenho, porque você nem me deixa chegar perto. Tipo, será que você ia gostar de colocar a meia por cima da calça no frio assistindo TV? Será que no calor você ia achar graça em sujar o rosto com sorvete?
Será que você ia gostar de alguém para contar o que quiser? E de ter alguém para contar o que quiser que você também poderia beijar?

Poderia ser a gente, mas você não colabora. Que pena.
Aprendi que a vida é feita de oportunidades que a gente não pode perder. Será que eu sou uma dessas para você? Ou sou só mais uma para você desperdiçar?






COMENTÁRIOS