A pessoa certa é aquela que compreende seu jeito confuso, suas manias e seus defeitos

A pessoa certa é aquela que mesmo em silêncio faz teu sorriso te alongar. Que só sossega quando te ver bem, que fica ansioso por você, que torce pelos seus sonhos e que vibra quando você os alcança. A pessoa certa é aquela de sentimento sincero, aquela que te deixa livre pra ir até onde você bem quiser, que te solta pra vida, que está sempre disposto a te ensinar e aprender, a te dizer o que se passa e a te ouvir quando você precisar desabafar.

A pessoa certa é aquela que aceita suas escolhas sem fazer cara feia, que compreende que o seu jeito vezes confuso, suas manias e os seus defeitos fazem parte de você e querer mudar isso é como te pedir pra que se ajuste as expectativas que não te pertencem. A pessoa certa é aquela que compreende que você é diferente e é justamente por isso que as coisas tem tudo pra serem mais interessante. A pessoa certa é aquela que entende que você carrega outros sonhos e vontades pessoais, que você, apesar de gostar de cinema a dois e Nando Reis, as vezes você precisará de tempo sozinha pra se realizar.

A pessoa certa é aquela que não é egoísta com você, que não suga as suas energias, que não te cansa e faz do teu dia um desastre. A pessoa certa é aquela que te acrescenta, que faz o teu tempo valer a pena quando está com você, que aproveita cada desenho do teu sorriso e jamais desejaria tirá-lo do teu rosto. A pessoa certa é aquela que soma na vida. E gente que soma na vida, deixa as coisas mais leves pra nós. E quando as coisas ficam mais leve pra gente, os momentos se eternizam e tudo simplesmente, naturalmente acontece.

Por fim, a pessoa certa é aquela que te atrai e não te trai, porque no final das contas, se for pra ser igual a tantos por aí, se não for pra fazer bem, melhor você nem encontrar.

Iandê Albuquerque

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS