Pequenos erros não podem separar grandes sentimentos

Sabe de uma coisa? Nunca entendi muito bem o que significa guardar rancor das pessoas. Acho que é porque nunca consegui. Ah, claro, já tentei! Muitas vezes. Quando alguém me magoava eu ficava repetindo para mim mesmo “Deixa de ser idiota, não perdoe, não perdoe, não perdoe!”. E isso dava certo, até a pessoa chegar com um sorriso no rosto e dizer “Me desculpa, vai lá…”. Pronto. Eu desfazia a minha expressão de raiva e já ia para o abraço. E pensava para mim mesmo “Lá vai a idiota perdoar mais uma vez!”.

Já me martirizei muito por causa disso. Por não conseguir ficar com raiva das pessoas. Por me deixar levar com apenas um sorriso e uma promessa de que não vai acontecer novamente. Mas sabe o que eu descobri? Isso é lindo. Maravilhoso. Raro.

 

É claro que vão te magoar. Sinto me dizer isto, mas o teu coração vai ser destroçado muitas vezes. Mas o segredo é se atirar de cabeça sem se importar com as consequências. Se você gosta de alguém, seja de que forma for, perdoe, insiste, vai até o fim. Porque se não der certo, pelo menos você poderá dizer que tentou de todas as formas possíveis. Não há nada pior do que decepcionar-se com alguém que gostamos muito e só por orgulho não perdoar. Você fica remoendo para sempre aquela raiva misturada com o sentimento tão grande a troco de um erro que poderia ser facilmente perdoado. Muitas vezes perdemos alguém de quem gostamos porque colocamos na nossa cabeça que a pessoa não merece o nosso perdão. Mas e se fossemos nós quem tivéssemos errado?

 

Eu não gosto de perder pessoas. Em hipótese alguma. Todo o mundo erra um dia. Às vezes fazemos coisas que não gostaríamos de ter feito. Nos arrependemos. E não existe nada melhor do que ter alguém que acredite em nós. Alguém que acredite que nós podemos mudar. Alguém que diga “Eu te perdoo, porque o que eu sinto é maior do que o seu erro.” Alguém que não suporte a ideia de perder.

 

Eu sou esse alguém. Eu acredito nas pessoas. Eu acredito que erros são somente erros (e todos os cometem). Eu acredito que guardar rancor por pequenas coisas não faz de alguém esporto. Só torna esse alguém um idiota. Um idiota que prefere perder uma pessoa que ama, do que perdoá-la. Um idiota que acha que ninguém pode errar.

Pequenos erros não podem separar grandes sentimentos. Lembrem-se disso.

 

Escrito em Já Foste.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS