Para você, mulher

Ei, você que está nervosa e ansiosa, angustiada pelos problemas da sua casa, da sua família, pelas muitas coisas que precisa fazer, por tudo o que é preciso mudar.

Ei, você, mulher de pressas, rotinas e evasões, que atropela avida, que tem medo de entrar dentro de si e se deixa envolver pelas vozes do rádio, da televisão, das conversas triviais.

Faça uma pausa, sossegue, deixe por um momento as suas ocupações habituais, olhe para o seu interior, longe do tumulto dos seus pensamentos, afaste as preocupações que a angustiam.

Deixe-se envolver pelo olhar do seu Deus, entre nos aposentos da sua alma e descanse, ainda que seja só por alguns instantes, nas mãos do Pai.

Diga a Deus: “Busco teu rosto, Senhor, não me escondas o teu rosto! Permite-me encontrar meu ser mais profundo à sombra da tua presença. Vou esperar em paz. E que, em meio ao meu silêncio, nasça a tua Palavra!”.

FONTEOleada Joven
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS