Obrigada por tudo, amiga!

Obrigada por me ouvir tantas vezes, tantas noites. Obrigada por me atender quando milhares de vezes eu te liguei pra te contar mais uma decepção pra minha coleção, e você sempre estava ali pra me apoiar e dizer que iria ficar tudo bem. Cê sempre tão otimista. Obrigada por acreditar em mim quando eu duvidei de mim mesma. Obrigada também por me aturar todas as vezes que bebi demais, passei do ponto, e chorei e chorei e chorei. Obrigada por ter segurado o meu cabelo quando fui vomitar e por ficar na porta do banheiro esperando eu voltar. Obrigada por dizer que iria ficar tudo bem, por me fazer acreditar que uma hora tudo de ruim passaria e obrigada também por ficar do meu lado não só quando eu estava bem, mas principalmente quando eu estive mal.
Obrigada por todas as vezes que você me fez rir com aquelas piadas sem graça que você fez pra me fazer esquecer o pior, eu sempre ria enquanto as lágrimas escorriam pelo rosto. Obrigada também por todas as frases que você me disse até aqui: ”Ele não te merece, amiga”, ”Você merece muito mais”, ”Ele era um idiota”, ”Eu avisei”, ”Veste uma roupa e vamo sair agora!” Obrigada por todas as madrugadas que você me ouviu, por chegar naquele menino da outra mesa no bar por mim. Por me chamar pra sair e mais que isso, quando eu dizia que estava sem roupa, cê me emprestava só pra eu sair com você. Obrigada por mim aturar porque nem sempre foi fácil, cê conhece bem o meu signo.  Obrigada por todas as vezes que você esteve comigo, mesmo não concordando com o que fiz, mesmo achando que eu errei em algum momento. Obrigada pelos filmes que cê assistiu comigo, pelas bandas que cê me apresentou e pelos shows dessas bandas que fomos juntas e bebemos tanto ao ponto de passar o nosso número pro barman. Quando eu dizia que não estava bem, cê me enviava um ”passa aqui em casa”. Obrigada por ser a pessoa que eu sempre tive certeza em poder contar os meus segredos e os meus medos, por se transformar numa pessoa importante pra mim quando nem eu mesma acreditava que poderíamos estar juntas até agora. Obrigada por ser, às vezes, a primeira pessoa que eu ligo pra contar uma boa fofoca, ou uma realização. Cê sempre fica feliz quando eu estou feliz e isso é o maior exemplo de verdadeira amizade, de um verdadeiro laço de irmãs. Somos irmãs cê sabe. ”Mexeu com você, mexeu comigo”, não é assim que a gente fala? Obrigada até pelas brigas que tivemos porque isso nunca foi motivo pra afastar a gente. Obrigada pela vergonha que você me faz passar as vezes, principalmente quando falo de alguém pra você e você sempre olha pra pessoa, nunca consegue disfarçar. Por fim, obrigada pela presença, por permitir que a tua alma abrisse espaço pra minha entrar também, por entrelaçar sua vida à minha, por sermos inimigas por alguns minutos quando brigamos e amigas sempre.
FONTEIandê Albuquerque
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS