O que você acha que sabe sobre o amor

Quanto mais amo por aí, mais entendo que, quando se trata de amor, não existe tutorial. A gente acha que sabe como ele funciona e realmente é. Sabemos não. Esse sentimento é muito mais sobre aprender do que entender. Afinal, cada pessoa o sente da sua maneira. E erra quem pensa que o amor é aquilo que está escrito nos sites mais acessados da internet. Ele é de dentro para a fora. Algo do seu coração. Então, lembre-se: você quem sabe do seu amor.

Esqueça o que eles falam nas revistas. Não se compare com outros casais. Escute o seu coração. Ele não está preocupado com o carro do ano, as contas, o presente, a aliança, com a família diferente da sua. Ele só quer ser feliz. Dê o que ele quer. Com um coração assim, todo o seu jeito de ver a vida muda. Ela fica tão mais bonita. Que por mais que pareça loucura se doar tanto assim, vale a pena tentar.

Esqueça se ele não é o mais bonito da turma. O mais romântico dos amigos. O mais inteligente da escola. O mais esperto da família. Esqueça. Talvez se ele fosse tudo isso, ainda assim, não seria o suficiente para você. Afinal, tudo é questão de ponto de vista.

Eu fico realmente preocupada quando penso na quantidade de pessoas que poderiam ser muito mais felizes caso se permitissem sentir. Elas tampam seus próprios olhos e enxergam só que a maioria vê. O amor está ali, simples e todo lindo. Esperando por qualquer um que consiga enxergar através de dentro. Só não o vê aqueles que querem olhar através dos filmes, das revistas, dos sites, das fotos das redes sociais.

.Esqueça os rótulos e olhe em sua volta: será que o amor não está bem a onde você pode enxergar mas não consegue ver? Achou? Se não olhe de novo. E lembre-se de se permitir encontrar e de saber que, mesmo depois que encontra-lo, ainda há muito o que aprender.

FONTE18 coisas
TEXTO DELara Esters
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS