O que tiver que ser, será… no tempo e momento certos

O que tiver que ser será, no devido tempo e hora, porque o destino é incerto e às vezes os ventos simplesmente não sopram a nosso favor, apesar dos nossos esforços.

Dizem que as melhores coisas não são planeadas, simplesmente acontecem e é melhor não pressionar o tempo. Porque se alguma coisa deve acontecer, ela vai acontecer de qualquer maneira. E se não deve, não acontecerá. Simples assim.

Por isso, de vez em quando é bom não planear ou esperar. É bom deixar de tentar encontrar razões para continuar por um caminho que não é o certo.

O facto de que as coisas são mais simples do que originalmente planeamos abre uma ampla gama de possibilidades para desfrutar de uma vida muito mais relaxada e simpática para o nosso bem-estar.

Tudo passa, tudo chega, tudo se transforma. Às vezes, é bom que nos lembremos de um famoso provérbio que guarda em si uma lógica avassaladora: “Se tem solução, porquê se preocupar? E se não tem, porquê se preocupar?”

A verdade é que sim, parece óbvio que não devemos nos preocupar com o que não podemos resolver, mas deixar-se levar e ficar calmo às vezes pode ser praticamente impossível.

Então, talvez devêssemos aprender que há certas coisas que estão além do nosso controlo e que muitas vezes permitir o fluxo da vida e aceitar as circunstâncias é a melhor das nossas opções.

Somos aquilo que digerimos, as pedras nas quais tropeçamos, as feridas que não curamos. Nós não somos apenas os sorrisos, alegrias ou verdades, também somos mentiras, as críticas e as lágrimas que não choramos.

Não se trata de crer ou não crer em destino, mas em deixar que as circunstâncias nos surpreendam e assim abrir as janelas do relaxamento emocional para nos ajudar a reacender os nossos sentimentos.

Ocasionalmente, é necessário fugir de nós mesmos e das nossas expectativas. Então, lava a tua mente para tomares perspectivas, conta até dez e sente o oxigénio encher os teus pulmões.

Não tentes planear cada milímetro da tua viagem, às vezes tu simplesmente precisas ser inspirado por coincidências.

TEXTO DERaquel Aldana (tradução)
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS