O que é ser amigo?

Ser amigo é ter consideração e tratar o outro como irmão. É dar bons conselhos – aqueles que você, muitas vezes, não consegue seguir. É saber se colocar no lugar do outro – empatia é fundamental pra uma amizade significativa.

É entender que amigos são humanos e falhos, e vez ou outra, vão te decepcionar. Nada mais natural que isso. Pequenas falhas não os tornam menos amigos. Você também erra com eles – e quase nunca percebe.

Ser amigo é ter uma infinidade de interesses comuns – e um bocado de diferença pra equilibrar essa relação. No fundo, a gente não dá conta de quem é (quase) igual a gente.

Ser amigo é ser leal, ouvir confidências, falar quando for preciso e calar quando necessário. É ser sincero, sem usar de grosseria. É dizer o que outro tem que ouvir, com firmeza e ao mesmo tempo, cheio de amor.

Ser amigo é respeitar todas as decisões da outra pessoa – até mesmo aquelas que você não concorda e lhe deixam de cabelo em pé. É alertar, com cuidado e carinho, se elas forem destrutivas. Mas a palavra final sempre será dela – porque a vida não é sua. Aceita que dói menos. Aceita, mesmo se ela sofrer. Mesmo que o sofrimento dela faça você sofrer junto. Apenas não tome para si essa responsabilidade. Esteja disposto a ajudar.

Ser amigo é sempre desejar o melhor para o outro, independentemente de qual seja o seu sonho. É não deixar se contaminar pela inveja, quando vocês estão em patamares diferentes. É respeitar a profissão, o relacionamento do outro, os seus valores mais genuínos.

Ser amigo é ser sensível o suficiente para perceber quando o outro quer dar um tempo – e tudo bem. Ás vezes o problema não é você – a pessoa precisa de um recolhimento para o próprio reequilíbrio e restabelecimento. Saber respeitar esse espaço é fundamental.

Ser amigo é ser presente – e isso independe de a quantos quilômetros de distância a pessoa está. A proximidade que realmente importa é a da mente e do coração.

Ser amigo é ser perspicaz o suficiente para perceber que uma amizade chegou ao fim. Outras surgirão antes que você se dê conta disso. E tudo bem – a vida continua. A maior parte das relações tem prazo de validade, e querer postergá-las a qualquer custo é receita líquida e certa para a infelicidade. Pra que desperdiçar vida com isso?

Ser amigo é ser psicólogo sem diploma. É ser mais sábio do que inteligente. E é um dom que poucos exercem com excelência.

Escrito por Aline Xavier, colunista do Sábias Palavras.

Escritores-01

FONTESábias Palavras
TEXTO DEAline Xavier
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS