O passado não define meu presente

Muitas são as pessoas que vivem presas ao seu passado. Um passado que ainda está vivo no presente, que oprime e frustra, que faz as pessoas sofrerem constantemente. O passado já ficou pra trás e não devemos revivê-lo. Além disso, devemos deixar de viver no passado.

Nossa vida é um ciclo no qual devemos estar sempre avançando. Por isso, não podemos voltar no tempo para mudar os erros que foram cometidos, as palavras que foram ditas… Mas há algo de positivo, e é o fato de que podemos ser melhores hoje, sem repetir aquilo que não queríamos que tivesse acontecido.

Um presente cheio de “e se…”

Embora possamos escolher mais de um caminho em nossas vidas, e retroceder ao perceber que tal caminho não nos leva aonde realmente queremos ir, a única certeza que temos é que jamais poderemos mudar o que já aconteceu. Pensamos muitas vezes nas inúmeras estradas que poderíamos ter percorrido se tivéssemos agido de outra forma, se tivéssemos nos arriscado… Todos esses “e se…” e muitas outras coisas nos fazem pensar nas possíveis saídas que permitiriam que em nosso presente não nos arrependêssemos tanto do nosso passado.

Uma coisa da qual não estamos cientes é que cada escolha deixa uma marca no nosso presente. Se tivéssemos atuado de outra maneira não seríamos os mesmos hoje em dia. Talvez isso produza algum alívio em você, devido ao fato de que provavelmente seu presente não seria tão bom quanto você imagina.

Assim, você começa a ver o passado como algo que já aconteceu e que não pode ser transformado. Elimine o “e se…” que não serve para nada, já que não vai mudar coisa alguma. Apenas vai te atormentar e te frustrar ainda mais. Deixe o passado para trás.

Agora é o momento de mudar

Se você ainda segue ancorado no “e se…” é o momento de planejar a possibilidade de uma mudança. Ou seja, não podemos mudar o passado, mas com nossas ações podemos fazer com que tudo isso que fizemos de errado se transforme em um aprendizado.

Constantemente pensamos que os erros são algo negativo, mas é algo que inevitavelmente temos que sofrer. Sem o erro não existe a aprendizagem, sem equívocos não há acerto. É chegada a hora de mudar, por isso você deve ver seu passado como uma possibilidade de aprendizado.

Pegue tudo isso que você não gostou em si mesmo, todas essas palavras que não queria ter dito e todos aqueles equívocos que te levaram ao caminho da amargura. Coloque todos numa caixinha, analise-os e guarde-os. A partir de agora, você nunca mais vai tropeçar na mesma pedra.

Ainda que às vezes machuque olhar para trás, ou ainda pior, analisar nossos erros e equívocos, é importante que o façamos para podermos seguir avançando e nos superando. Fechar os olhos nunca será uma boa ideia. Isso apenas fará com que não superemos nosso passado.

Siga caminhando, ainda que seja difícil

Agora é o momento em que você deve seguir caminhando. Já analisou o seu passado, encontrou onde você se equivocou, aquilo que te fez mal, e agora é o momento de avançar. Você não pode viver apegado ao seu passado, senão, o que acontecerá com o seu presente?

Pense que quanto mais tempo você passar no seu passado mais oportunidades estará ignorando no presente. Além disso, imagine que algo que te machucou muito foi causado pelas pessoas que você encontrou ao longo do caminho, e que acabaram te ferindo.

Se você vive no passado, ganhará em desconfiança, perderá a oportunidade de fazer novas amizades e de conhecer pessoas maravilhosas. Se você se desprende do seu passado e segue caminhando, voltará a recuperar a confiança perdida e conhecerá novas pessoas que vão encher sua vida de luz e alegria.

Você não percebe que viver preso ao seu passado é negar a felicidade a você mesmo? Comece a soltar o passado, porque manter-se nele é quase como ter rancor de uma pessoa. Isso te impede de avançar, te impede de crescer, te impede de alcançar a verdadeira felicidade.

Você não merece uma vida de amargura. O tempo passa, o presente é efêmero e é necessário que você preste a devida atenção nele. Aprenda com o seu passado e siga com passos firmes para o seu futuro, enquanto aproveita um presente que rapidamente passará diante dos seus olhos.

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS