O Papelzinho que gerou felicidade

Vocês não imaginam a felicidade que esse papelzinho todo amassado traz consigo! Hoje tive o prazer de fazer uma das melhores ações da minha vida! Fui fazer umas compras e estacionei o carro na rua e logo apareceu um morador de rua dizendo: “Moça, pode deixar que eu olho! Boa tarde” e eu disse: ta certo! Boa tarde.

E ai voltando ao local estacionado ele me disse: “Moça, desculpa porque sou assim, sei que muitos não gostam” e eu lhe disse: não tem o que desculpar! Você tem que ser assim mesmo.

Ele olhou pra mim e disse: “Moça, se você for me dar dinheiro, ao invés de me dar o dinheiro, eu prefiro que você vá ali comigo comprar comida!” Não pensei duas vezes e disse: “Vamos lá, eu vou com você” ele abriu logo o sorriso, atravessamos o sinal e ele me disse: “Moça, só é um pouco longe” e percebi que estávamos perto de uma padaria e lhe disse: Estou um pouco atrasada, tem algum problema se a gente for lá na padaria? E ele com um sorriso enorme me disse: “Lógico que não!

Chamei Pra ir lá porque é mais barato! Mas, só posso tá sonhando porque adoro bolo e justo hoje que é meu aniversário terei a oportunidade de comer um” e então parei um pouco… fiquei sem ação e lhe perguntei: Hoje é seu aniversário? E ele disse: “É sim, hoje estou fazendo 15 anos” e então olhei pra ele e disse: “Parabéns Rapaz, tudo de bom! Que Deus te ilumine sempre” e ele meio que sem graça olhou pra mim, soltou um sorriso e disse: “Muito obrigado! É o primeiro parabéns que recebo hoje e acredito que será o único” fiquei novamente um pouco sem reação e lhe disse chegando a padaria: “Não seja por isso, parabéns novamente! Hahaha pode escolher o que você quiser” Fiquei observando e ele pegou pão de queijo, um bolo de rolo, um refrigerante e um cupcake e aí fui pagar… quando saímos da padaria dei tudo a ele e disse mais uma vez: Parabéns e fique com Deus! E ele olhou pra mim e disse espera.

Olhei pra ele e ele disse: Esse bolinho que peguei (cupcake) é pra você! Como você foi a primeira a me dar parabéns queria te dar o primeiro pedaço do bolo” e ai foi que deu vontade de chorar… olhei pra ele e disse: “Muito obrigada! É uma honra receber o primeiro pedaço, faz tempo que não recebo! Mas, ficaria mais feliz se você ficasse pra você” e ele com os olhos brilhando disse: “era o mais bonito da padaria, tá com uma cara que tá muito bom! Vou ficar com ele então que estou com muita fome” soltei uma risada e disse: muito bem! Vou indo! Fica com Deus e se cuida! E ai a ultima coisa que ele me disse foi: Obrigado por se preocupar comigo e desculpa incomodar!

E assim, ele me ajudou a sair da vaga! Essa é a história de Leonardo que hoje completa 15 anos. Palavra nenhuma expressará tamanha felicidade que senti em ter a oportunidade de deixar o dia dele um pouco mais feliz, ou menos triste como queiram falar.

FONTESábias Palavras
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS