Não seja um babaca.

Cara, para de dizer por aí que ela é tua. Nesse mundo ninguém é de ninguém. Mania chata de dizer que ela te pertence. Ela pertence exclusivamente a ela mesma. Se ela está disposta a dividir o seu dia, a compartilhar seus sonhos e seus medos, seus erros e defeitos com você, isso não te dá o direito de achar que, como um objeto que você compra em uma liquidação, ela te pertence. Não é porque ela te doa os melhores sorrisos e te beija como se devorasse todas as coisas ruins que aconteceram pra você ao longo do dia, que ela é tua. Ela tem um mundo que pode até ter alguma semelhança com o seu, mas ela carrega sonhos, planos e coisas que são só dela. Ela pode até te incluir nos planos, nos sonhos e na vida dela, mas ainda assim ela será somente dela. O seu peito será sua morada se ela achar que você merece, e se ela abrir o peito pra você sem pensar duas vocês é porque tem que ser você, precisa ser você independente do tempo que fique ao lado dela. Faz esse tempo valer a pena, por favor.

 

Para de dizer o que ela tem que fazer pra te agradar ou o que ela precisa evitar pra não te chatear. Não pense em dizer qual a cor do batom ou o comprimento da roupa que ela deve usar pra sair com você. O corpo é dela, não teu! Ela pode até te deixar perder entre as curvas que ela possui, mas vê se não derrapa. Ela vai usar aquele vestido curto combinando com aquele batom vermelho pra ir a balada quando bem entender. Para de agir feito um idiota. Se você desliga o telefone e diz pros seus amigos: ”Que menina chata!” só pra provar que é desapegado e bem resolvido, aproveita e deixa essa menina chata em paz quando ela resolve sair só com as amigas também. Abaixo o dedo e a voz, teu grito não vai te dar os status de ”dominador”, só de babaca mesmo. Não pense que a vida dela deve girar em torno de você. Se você gosta mesmo dela, não se torne um babaca ou insista em ser um. Você não vai querer descobrir que ela está viajando pra Paraty com um novo namorado, enquanto podia ser você.

Ela diz que está com saudades de você, mas você prefere responder com uma dessas carinhas sem graça ou com um ”vamos marcar” pra não demonstrar que está tão a fim dela, está na hora de crescer e aprender a botar pra fora o que sente, dizer o que de bom te vem na mente, isso não te faz um menino de colegial apaixonadinho, te faz um homem direto e sincero com quem gosta de você. Como tem que ser. Ela pode ser a pessoa mais doce do mundo, mas o bicho vai pegar se você insistir nessa mania besta de que ela é sua, só sua. Ela é do mundo, ela é da vida, ela é de onde e de quem ela quiser. Ela sabe que isso pode ser só passageiro, porque você adora dar a entender que é assim que vai ser. E ainda vem reclamar como se a incoerente da história fosse ela. Se toca, cara. Já deu tempo de entender que a vida é muito mais que fazer joguinhos. Ela vai reclamar, ela vai xingar, ela vai fazer um escândalo se você não deixar essa postura infantil pra trás. Ela vai começar a se questionar se você é mais ponto final do que reticências. Ela é força, ela é tudo que ela quiser. Colocar limites nela não vai fazer bem pra nenhum dos dois. Então procure não ser um babaca. Melhore. E aprenda de uma vez por todas que ela pode escolher ser pra quem ela quiser, mas primeiramente, dela mesma.
*Esse texto foi escrito com a participação da Ju Umbelino
FONTEIandê Albuquerque
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS