NÃO SEJA A SEGUNDA OPÇÃO DE NINGUÉM!

Escrito por Marcel Camargo, colunista do Sábias Palavras.
Veja mais sobre Marcel clicando aqui.

 

Existirá quem virá até nós somente quando estiver solteiro, quem nos procurará somente porque ninguém mais quis ir àquela balada, quem utilizará nossas habilidades somente se o outro funcionário faltar ao serviço, quem nos cumprimentará somente quando estivermos acompanhados de alguém popular. Isso não poderemos permitir.

 

Devemos sempre dar o nosso melhor, sermos inteiros e intensos naquilo que nos propusermos a fazer e a viver, seja em casa, na escola, no trabalho, seja nos círculos sociais. Dessa forma é que encontraremos as pessoas certas para nossas vidas e os lugares a que pertenceremos de fato. E, quanto mais verdadeiros e completos formos, menos suscetíveis estaremos de receber de volta retornos incompletos, gente do avesso e sentimentos inacabados.

 

Encontraremos, pelo caminho, pessoas que não se dispõem a se entregar, por medo de verem aquilo que doaram sendo usado contra elas, por insegurança quanto à forma como as enxergarão ou por mero egoísmo. Além disso, em tempos de denúncias virtuais e de competitividade acirrada em todos os setores da vida, faz-se necessário termos cautela em relação às pessoas com quem dividiremos nossas verdades.

 

Ainda assim, arriscarmo-nos a ser o que temos, a doar o que somos, a dizer o que pensamos, é a melhor maneira de nos possibilitar a realização de nossos desejos e sonhos junto a alguém que nos receba de braços abertos. Vivermos na defensiva em relação a tudo e a todos que nos cercam acabará por diminuir todo o potencial de felicidade que o mundo prepara a cada um de nós.

 

Existirá quem virá até nós somente quando estiver solteiro e não quiser sair sozinho, quem nos procurará somente porque ninguém mais quis ir àquela balada, quem utilizará nossas habilidades somente se o outro funcionário faltar ao serviço, quem nos cumprimentará somente quando estivermos acompanhados de alguém popular. Isso não poderemos permitir e deveremos deixar bem claro que não aceitaremos ser estepe de ninguém, em circunstância alguma.

 

Quando estivermos sendo sinceros, vivendo aquilo em que acreditamos, com inteireza e transparência, priorizando quem queremos junto a nós, não poderemos aceitar de volta nada menos do que cumplicidade e doação verdadeiras, pois também teremos o direito de ser prioridade na vida do outro. Porque nossa completude não se preencherá, caso nos percamos nas migalhas alheias.

 

Que a gente se encontre e encontre o caminho que nos cabe junto a quem nos valoriza e nos ame em primeiro plano, no primeiro tempo, desde sempre e para sempre.

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS