Não deixe o tempo te roubar as coisas boas da vida

Vivemos em tempos onde as pessoas andam ocupadas. Vão e vem, pra lá e pra cá como se não existisse o amanhã. Se esquecem de si. O trabalho consome, o estudo consome, e os dias somem. Deixam passar diante dos olhos o sorriso, a oportunidade e o instante mais próximo de um abraço.

O cara com o fone de ouvido na orelha sequer percebeu a bela garota que te olhou e deu um sorriso bobo. O pai não se lembra muito da infância do filho, roubada pelo trabalho. Os amigos combinam de aparecer, de ligar, e nada! Pensam que perguntar se está tudo bem com um sorriso amarelo depois conserta tudo. Quase ninguém mais repara nas coisas simples do dia. Nas coisas simples da vida. No olhar de uma criança, no abraço de um amigo, no carinho de uma mãe. Estamos sempre colocando a culpa nas horas, no trabalho, no suor e na falta de dinheiro. Quando o que de mais lindo nessa vida não tem preço.

Se permita tomar um banho de chuva para lavar todos os males da vida. Deixe o vento bater na sua janela te lembrando de como o tempo faz mágica. Abrace os seus amigos e pessoas de bom coração. Distância existe pra quem quer, pois sempre existe uma maneira de estar perto, uma palavra de incentivo, um pensamento avulso, um abraço compartilhado, uma vontade de ter vontade de estar junto e ser tudo o que de melhor somos.

Somos caminhos e escolhas. Somos tudo aquilo que aceitamos calados. A soma dos nossos acertos equilibrados por nossos erros. Somos os amores que escorreram pelos dedos sem nos darmos conta. Somos a saudade do que foi bom, o arrependimento do que faz falta e a vontade de ser feliz. Somos nossos sonhos e nossa imensa vontade de ir além. Somos todo ponto de chegada e partida, o que já foi e o que ainda está por vir. Somos os tombos que levamos e a coragem para levantar e tentar de novo. Não deixe o tempo te roubar as pessoas, os momentos, e as melhores coisas da vida.

Hoje eu não quero a certeza de nada, apenas hoje. Já me basta a certeza da morte, e não quero a certeza de que fui sem deixar me levar pelas coisas boas, pelos sentimentos bons, pelos ventos que sopram para onde eu devo ir. Quero ser apenas assim, me deixar levar pelo olhar, pela razão, pelo amor, por um dia de trânsito, por um dia de chuva. Me deixar levar pela incerteza do meu amanhã. Que pode me arrancar uma lágrima ou um riso bobo.

Hoje quero enxergar pelo lado incerto, mas com o coração aberto na certeza de que, no fim de tudo, te reencontro no começo.

FONTEAmor Ano Zero
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS