Não basta ter química, os ideais precisam ser equivalentes

Nada aqui é em vão, façamos de nossas escolhas, escolhas prudentes. Ninguém quer um relacionamento falido.É preciso que os ideais sejam semelhantes, se quisermos ter um relacionamento valioso.

 

Todos sabemos que algo que é fundamental em um relacionamento é a combinação que duas pessoas apresentam e que movam a sua libido. Essa combinação muitas vezes afunilam um relacionamento a apenas isso, ao sexo em si.

Muitas pessoas prendem-se a um relacionamento e não conseguem encerrá-lo, por pensar ser essa, a última vez que encontrarão o parceiro x, ou ou parceiro y, este que é capaz de satisfazer as suas necessidades mais carnais em um relacionamento.

Sabendo disso, podemos analisar este fator sob um prisma diferente. Raciocinemos: Será que estes relacionamentos apresentam futuro, ou será que eles são um remendo bem remendado de algo que nós sabemos que isto satisfaz tudo, menos a nossa alma?

Homens e mulheres, muitas vezes prendem-se a tais relacionamentos, pensando ser estes, a última bolacha do pacote, e que estas bolachas estejam em extinção. Mas sabemos que não é por aí.

Para que um relacionamento decole, serão necessárias tantas e tantas coisas que são tão ou mais importantes que apenas a química exalada em nós… A inteligência de uma pessoa, é um fator de importância imensa e isto pode sim também movimentar a nossa libido, a favor de um relacionamento.

Todos nós procuramos no outro, um alguém que possa acrescentar ingredientes que por nós, ainda é desconhecido. O prato de toda refeição, não é significativamente saboroso, se ele não apresentar tempero.

Podemos acarear um relacionamento, tendo em vista um apetitoso prato de comida, sendo que quem prepare este prato seremos sempre nós mesmos. Racionalizemos que o prato de comida deve ser saboroso, para que ele seja apreciado com a devida atenção que ele precisa e mereça, para que seja ele sentido e devorado com voracidade, por qualquer pessoa que esteja com fome, ou simplesmente com alguma vontade de saciar a sua então sensação momentânea.

Este prato simboliza o “sex appeal” de uma relação. Muitas vezes, um prato menos apreciado, satisfaz as nossas necessidades físicas, mas um prato que pode ser saboreado demoradamente e que apresenta arbítrio de sentirmos novamente a mesma sensação como o consumir do prato, é algo que pode ser considerado mais raro de ser vivenciado.

Que possamos apreciar a comida que ingerimos, ao invés de comermos sempre a mesma coisa e sem podermos sentir o prazer que somente a alma é capaz de nos fornecer.

Poder comer com a calma e com a serenidade necessária, nos tornará exímios conhecedores de nós mesmos. Sim, porque nós passaremos a ter um paladar mais apurado, e sendo assim, seremos mais exigentes em nossas escolhas.

Quando escolhemos um parceiro para dividirmos a vida, nós precisaremos estar de olhos bem abertos, para que possamos ser prudentes em nossa seleção. Caráter, dignidade, bom humor, respeito ao semelhante, serão fatores de suma importância. Sim, porque não adianta tratar bem a você e maltratar o guardador de carros, ou o garçom do restaurante que vocês por ventura frequentem.

Notemos que os ideais precisam se equivaler, aquela conversa de que os diferentes se atraem, pode até ter sentido se você for inseguro. Penso que, pessoas amadurecidas, procurarão um companheiro ou uma companheira que tenha qualidades parecidas com as suas, para que o seu relacionamento venha a dar certo.

Precisamos ter sabedoria em nossas escolhas. Pois de nada adianta um namoro ou casamento onde tudo é discordância, onde não existam acordos entre si, e onde nada venha a dar certo, e que isto muitas vezes, lhe traga apenas dor de cabeça.

É claro que é possível que duas metades da laranja trabalhem bem sendo o oposto uma da outra, mas eu sinceramente acredito que os semelhantes apresentem mais chances de poder vir a dar certo. Acredito que é necessário um cuidado muito maior para o equilibrar da relação, se as pessoas forem muito diferentes umas das outras. Mas é possível sim, quando duas pessoas forem íntegras e maduras, que estas cheguem em profundos acordos entre si.

Penso que aquela história de que um complementará o outro, é uma história a meu ver, furada, porque ninguém nasceu para completar ninguém, somos seres inteiros e indivisíveis.

A metade da laranja não existe, porque somos nós laranjas inteiras, possuímos características intrínsecas a nós. Mas tenho convicção e certeza, de que nós podemos sim somar ao outro e também dividir e fazer do que é dois, algo realmente promissor e digno de ser vivido e sentido, por você e pelo outro.

Os ideais precisam ter um quilate valioso, se desejarmos ter um relacionamento de ouro, e não como um qualquer que encontramos pelas esquinas da vida e que venham a nos diminuir como pessoa, ao invés de engrandecer em nós, aquilo que já é grande, ou quiçá, fazer crescer em nós, sementes que já existam, mas que o outro em toda sua grandeza, possa nos ajudar a fazer crescer. Nos tornando assim, seres humanos mais dignos e valiosos, nos percalços que nos venham surgindo por esta estrada, hoje dividida com um outro alguém.

Que possamos crescer com as experiências que nos apareçam surgidas na estrada significativa desta vida, que precisa ser urgentemente vivida, por mim, por você e por todo habitante deste globo, chamado terra.

Analisemos as nossas condutas, para que possamos atrair alguém que venha a nos somar e nos transformar em seres humanos mais dignos de compartilhar uma vida em comum com um então outro ser, estando este indivíduo tão necessitado de carinho e de atenção, como nós todos estamos.

E que esta busca gere bons frutos, fazendo então com que o multiplicar, forneça novos seres humanos que estejam lá do lado de cima, esperando pela oportunidade de vir aqui, para este plano. E que isto faça crescer e forjar neste mundo, um lugar para que todos possam então viver e transformar este tão vasto planeta. E que este seja um lugar onde o amor, e a dignidade, possam transformar-se em frutos para o tão esperado amanhã, este que estará sempre ansiando por vir e então acontecer.

Sejamos todos sapientes em nossas escolhas, pois elas nunca serão em vão. E aqui existirá sempre uma funcionalidade e utilidade. Sejamos prudentes! Acreditemos no amor verdadeiro, e que este esteja sempre disposto a modificar tudo que esteja por hora estagnado.

FONTEObvious Mag
TEXTO DEThiana Furtado
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS