Mulher não desiste de quem ela ama, ela apenas se cansa de não ser correspondida. A mulher tem aquela força que a faz querer ir até ao fim, que a faz querer esgotar todas as possibilidades, que a faz querer pagar para ver. E ela paga mesmo. Paga caro, com juros e até em parcelas. Porque para ela não tem preço poder sair de cabeça erguida, sem sentimento de culpa, sem “e se…”.

Ela completa todo o percurso e às vezes até pode ficar andando em círculos, mas quando muda de ideias, quando muda de caminho, meu amigo, é fim de jogo para ti. Enquanto ela mostra ciúmes e saudade, não reclames e agradece a Deus! Porque no dia em que ela aceitar tranquilamente dividir-te com o mundo, ela não ficou mais compreensiva, nada disso, ela simplesmente parou de se importar, já era.

Quem ama, cuida! E as mulheres muitas vezes cuidam até demais, mas dar sem receber é caridade, não carinho. Elas entendem e respeitam o jeito próprio de ser dos homens, desde que eles supram pelo menos o mínimo das necessidades emocionais delas, porque carne existe em qualquer esquina. Os homens nem sempre sabem, mas além de peito e bunda, as mulheres têm sentimentos, quase sempre à flor da pele.

Mulher é dama, mulher é drama, acostumem-se. Mulher não é boneca insuflável, mulher de verdade só tem quem pode! Levar muitos corpos para a cama é fácil, quero ver quem aguenta a tarefa de conquistar o corpo e a alma dela, até ao final.

Texto de Marcella Fernanda

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS