Menina síria se rende ao confundir câmera fotográfica com uma arma

Crianças são marcadas desde muito jovens pela violência no país

 

Um fotógrafo capturou nesta sexta-feira (27), na Síria, a imagem de uma criança que se rendeu em frente à sua câmera. O garoto, que na época da foto tinha quatro anos, levantou os braços ao confundir o equipamento com um rifle.

O profissional que registrou a imagem queria retratar a realidade das crianças sírias, e não imaginou que o menino iria pensar que ele estava apontando uma arma.

A fotografia mostra um exemplo de crianças que são marcadas desde muito jovens pela violência da sangrenta guerra civil que assola a região.

A imagem é a prova de que crianças de cinco anos já entendem como funcionam as armas e sabem como reagir para pedir socorro ou paz diante de um rifle.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) estima que cerca de 14 milhões de crianças são afetadas pelos conflitos na síria.

Fonte: http://noticias.r7.com/

 

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS