Já pensou nela, e na forma como a deixou?

Sim, já pensaste nela, aquela que dizias ser perfeita, aquela que dizias ser a única, a única e grande a mulher da tua vida, a futura mãe dos teus filhos, a quem prometias dar tudo, a quem prometias e juraste mundos e fundos e da forma como puseste um ponto final e a deixaste?

Tudo sempre correu bem, vocês eram tão felizes, diziam ser almas gémeas, diziam que tudo que tinham construído era para sempre, e infelizmente por um azar do destino tudo mudou.

Ela não teve culpa do que aconteceu, e tu também não, isso é certo, mas a vida foi mais madrasta e cruel com ela do que contigo, de um momento para o outro ela perdeu tudo, perdeu a sua auto-estima, a sua liberdade, confiança e o amor do homem da vida dela.

Ela sempre deu o seu melhor, ela sempre fez tudo para te fazer feliz e tu como bom homem que eras quando ela mais precisava de ti, do teu apoio e do teu amor na primeira oportunidade deixaste-a, abandonaste-a com uma única explicação, não podias esperar, tinhas uma vida para viver e ela já não te podia acompanhar, já não era a mulher com quem querias estar.

Foste um canalha, um miserável, um reles, um monstro, um cobarde, e um grande burro e otário, mas nunca te apercebeste disso até ao dia em que se voltaram a cruzar e viste que ela estava mais linda e feliz do que nunca ao lado de alguém que a completa e que a faz realmente feliz, e aí frente a frente, cara a cara é que pensaste realmente nela e na forma como a deixaste, e aí doeu, aí caiu a ficha e percebeste a borrada que tenhas feito, quiseste pedir ao tempo para voltar atrás e fazer tudo de forma diferente, para seres tu a ser o motivo do sorriso e felicidade dela mas aí também já era tarde demais e tu tinhas perdido tudo o que havia de melhor no mundo.

FONTEO Cantinho Da Ju
TEXTO DEJoana Torres
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS