Há coisas que devemos deixar ir para podermos encontrar a felicidade

Como podemos deixar ir o que nos causa peso? Imagine que você está fazendo uma caminhada e carrega uma mochila repleta de coisas. Suas costas começam a doer, você para e abre a mochila para ver o que tem dentro dela. Você percebe que há vários objetos dos quais você não precisa e, em seguida, se desfaz deles. E agora, como você se sente? Muito mais leve! Você poderá dar muitos passos sem se cansar e chegar bem longe.

Bom, algo similar acontece com os sentimentos e atitudes que vão se acumulando ao longo dos anos. No momento em que você aprender a eliminar tudo que não precisa, começará a andar pela vida de outra forma, mais feliz e leve. Você se anima a deixar certas coisas que não lhe fazem bem para trás? Comece o mais rápido possível! Você não sabe o quanto é lindo andar pelo mundo sem carregar nenhum peso.

Deixar ir as atitudes que geram obstáculos em seu crescimento

Entre as coisas que você deveria deixar ir embora estão todas aquelas que não te ajudam a se relacionar com os demais nem ser bom consigo mesmo. Todas essas atitudes que limitam e impedem de avançar em seu crescimento, tanto com os demais, como com você mesmo.

Em primeiro lugar, deixe de lado a necessidade de sempre ter razão. Comece com algo difícil! É possível que você não suporte a ideia de estar errado e isso traga muitos problemas com as pessoas que você ama. Se seu ego é maior do que a vontade de se dar bem com seu parceiro, seus pais ou seus amigos, modifique esse pensamento, ou jogue-o fora!

Por outro lado, seria bom se você eliminasse a vontade de controlar tudo, principalmente o que acontece ao seu redor. Permita que os demais “sejam”, como você também quer ser. Também não é preciso que você procure culpados ou responsáveis onde não há! Ou onde você deveria ser o culpado… É mais fácil indicar quem está ao nosso lado, mas é muito complicado abaixar a cabeça e dizer “fui eu”. Diferentemente do que se crê, isso não é ser covarde, e sim valente.

Além disso, deixe de lado a necessidade que te governa de querer impressionar a todos. Você não pode tentar ser algo que você não é só para ficar bem com os demais. Tentar agradar aqueles que o rodeiam, na realidade, está enchendo-o de maus amigos… que frente ao primeiro problema que aparecer, irão abandoná-lo. O mesmo se aplica ao seu parceiro, ao seu trabalho ou a qualquer pessoa. A partir do momento em que você tirar a máscara e falar a verdade, você manterá ao seu lado somente aqueles que realmente valem a pena.

Deixar ir os pensamentos que pesam

Até agora já falamos sobre algumas atitudes que você deveria deixar ir embora em relação aos demais. Mas é claro que há muito o que trabalhar se nos referirmos a nós mesmos. O que mais pesa em nossa caminhada são os pensamentos negativos e autodestrutivos.

Você está evitando o sucesso com a sua forma de pensar, evitando seguir em frente e continuar aprendendo. Não acredite em 100% do que aparece em sua mente, ainda mais no pessimismo e naquilo que te fere. Não esqueça que o cérebro pode ser usado para o bem ou para o mal… e isso depende de você.

Por sua vez, você deveria eliminar a crença de que não serve para fazer alguma coisa. Não há nada tão impossível de alcançar como você pensa. Nada nem ninguém (nem sequer você mesmo) pode impedi-lo de ser feliz e de realizar seus sonhos. Abra suas asas e voe. Faça aquilo que lhe permite ser uma pessoa melhor e estar cada vez mais próximo dos seus objetivos. Lembre-se de que você pode ser seu pior inimigo se não confiar em suas próprias capacidades.

A resistência à mudança é outra das coisas que é melhor tirar da sua mochila. Assim, você poderá seguir seu caminho muito mais leve. As mudanças são boas, mesmo que você pense o contrário. Saia da sua zona de conforto, não se conforme com o mínimo… você merece o máximo! Não resista ao diferente. Dê uma oportunidade e muitas portas se abrirão.

Deixar ir o medo junto com o pretexto e o passado

Esses sentimentos ou pensamentos são muito pesados e não servem para nada. O medo é pensar que algo ruim acontecerá e, por isso, você não se anima em continuar. Se você tiver medo, é mais provável que falhe. Como dizia Franklin Roosevelt: “A única coisa que devemos temer é o próprio medo. Porque é limitante e evita avanços.”

Os pretextos são só um escudo para não aceitar o que acontece. Pode ser devido a você não se animar, a se preocupar com o futuro, a não estar muito seguro das suas capacidades, etc. Muitas vezes as desculpas são criadas por nós mesmos, e não são verdadeiras. Não fique parado em um lugar “porque chove”, “porque não sabe fazer”, “porque vai falhar”, etc.

E, por último, o passado, esse flagelo que tanto pesa. Não costumamos nos lembrar daqueles acontecimentos bonitos de dias anteriores, e sim dos maus, dos que nos causaram feridas muito profundas. O passado precisa ser ignorado porque focar muito nele não deixa você ver o hoje e muito menos o amanhã. 

Para terminar, compartilho com você uma linda frase de Lao Tzu: “Deixando fluir, tudo chega. O mundo é para os que deixam ir. Quando você tenta, todos acabam ganhando”.

FONTEA Mente É Maravilhosa
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS