Gosto de uma pessoa mesmo sabendo que ela não presta

Existem pessoas que nitidamente não prestam. Quando eu falo isso, quero dizer que há pessoas que é muito nítido que elas não podem te fazer feliz, pessoas que comprovaram com suas atitudes que qualquer relacionamento com elas é certeza de infelicidade. Essas pessoas precisam se consertar emocionalmente, mudar, se transformar, tornarem-se em novas pessoas para, só então aí, poder fazer alguém feliz.

E você sabe disso…

Então me diga:

Por que você insiste em correr atrás de alguém que nitidamente só vai te fazer sofrer?

A resposta é só uma: Puro sentimento.

O sentimento, meu amigo e minha amiga, é uma desgraça, ele cega as pessoas de tal maneira que, mesmo enxergando o que está debaixo do seu nariz, você procura cegar-se para isso.

A sua razão até tenta te alertar, dizer que você está fazendo “merda” com a sua vida, mas você não quer ver, não quer enxergar.

É como se o sentimento, o coração, arrumasse motivos acima da razão para continuar no erro.

  • Ele é infiel? Mas você gosta dele, você pode muda-lo;
  • Ele é grosseiro? Mas isso é só quando ele está estressado;
  • Ela mente? Mas tenho certeza que ela tem boas intenções;
  • Esta pessoa trata mal os pais e familiares? Mas quando eu for a família dela ela vai me tratar bem;
  • Etc, etc, etc.
A emoção sempre tenta contornar a razão dando falsos motivos para você continuar tentando ou gostando de uma pessoa que não presta.
Presta atenção no que eu vou te falar:

Você não pode ser feliz com quem já deu provas de que não é capaz de te fazer feliz

Mas talvez você diga: “Mas quando estou com a pessoa ela faz eu me sentir tão bem.”
Esse “sentir-se bem” que você acha que sente é na verdade uma ilusão causada pelo bem estar que o sentimento provoca quando você está do lado da pessoa, mas você sabe que esta é uma parede de papel que se rasga com facilidade. Você sabe o tanto de vezes que supostamente estava “se sentindo bem” ao lado da pessoa, mas de repente recebeu uma patada, um coice de cavalo daqueles bem potentes.
Sinceramente? Você está sofrendo porque você quer.
E mesmo que você diga que ninguém quer sofrer, sinto te informar que, mesmo não querendo, você quer, pois você não deixa sua razão tomar posse da sua mente e, ao invés disso, deixa seus sentimentos controlarem tudo que há em você.
No dia que você resolver ouvir a voz da razão dentro de você, nunca mais vai repetir aquela frase: “Mas eu gosto tanto dessa pessoa”. A coisa é tão irracional que é como se você dissesse:

“Mas eu gosto tanto dessa pessoa que me maltrata.

Do que adianta gostar de quem não pode te fazer feliz? É o mesmo que nada. É melhor gostar de uma pedra do que de uma pessoa que só vai te fazer sofrer, pois pelo menos a pedra da pra quebrar e ajudar a construir o alicerce de uma casa, mas a pessoa que você gosta não pode ser quebrantada de nenhuma forma pela força do seu braço, pense nisso!

Tome decisões racionais e pare de gostar de quem não presta. Ao invés disso, goste mais de você e ame-se muito mais, pois no dia que você tiver amor próprio de verdade, nunca mais aceitará na sua vida quem faça você se sentir menos do que você é.

Se você está gostando de alguém e está sofrendo porque este alguém já te traiu, humilhou, mentiu, pisou, etc, etc, etc, então dê um basta nisso e chega de sentimento.

TEXTO DEAlan Ribeiro
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS