Gosto das pessoas que sabem ser sol quando a vida está nublada

Existem pessoas que sabem estar ao nosso lado quando mais precisamos. Isto é, há pessoas que sabem ser sol em momentos em que o céu está nublado e a vida parece travada em uma tempestade que não quer nos deixar sair.

Porque existe gente especial que reconhece em si mesma a beleza de um sorriso que sai da alma, que não engana e que se mostra justa e serena consigo e com o mundo. Uma espécie rara, mas real.

Obviamente, como todos, essas pessoas que “sabem ser sol” também cometem erros e têm defeitos, mas o que se sobressai é a sua habilidade de iluminar com um sorriso um dia nublado de pensamentos ruins e más experiências. Este artigo é para elas.

“Existem pessoas mágicas… Eu te prometo. Eu as vi. Estão escondidas por todos os cantos do planeta. Disfarçadas de normais. Escondendo a sua especialidade. Procuram se comportar como os outros. Por isso, às vezes, é tão difícil encontrá-las.

Mas quando você as descobre… já não há como voltar atrás. Você não consegue se desfazer da sua lembrança. Não conte a ninguém, mas dizem que a sua magia é tão forte, que se acontecer com você uma vez, acontecerá sempre”

-Autor desconhecido-

A importância da escuta empática

A escuta empática ou ativa é aquela que praticam as pessoas que naturalmente são “sol em dias de escuridão”. Através dela se ouve e se capta a mensagem emocional e pessoal que quem tem um dia complicado quer transmitir.

Uma pessoa que pratica a escuta empática presta atenção ao outro com a intenção de compreender sentimentos e de entender o ponto de vista de quem interpreta o dia ruim que está vivendo. Porque só assim pode ser compreendido o marco de referência a partir daquele que vive a situação.

Assim, o cérebro, que não deixa nada a mercê, assume este interesse da outra pessoa como algo sincero e afetivo, o que contribui para a liberação de substâncias como a serotonina, a dopamina e a oxitocina, as quais fomentam o estabelecimento do vínculo emocional.

Abraçar certos olhos tristes simboliza o acolhimento e o sustento do mundo no qual se vive, a luta conjunta e o apoio emocional.

Corações pacientes que nos escutam e fazem o sol brilhar

Como já discutimos em outra ocasião, aos olhos tristes é preciso oferecer menos palavras e mais abraços. Porque quando temos um dia ruim, costumamos apreciar mais que um coração paciente nos ouça e não tanto que mentes brilhantes nos falem.

A necessidade de falar e de exteriorizar o que sentimos através de palavras, abraços, prantos e carícias responde à forma como a nossa mente emocional deve regular a si mesma para colocar ordem em meio ao caos.

Ou seja, é uma forma de se permitir a emoção e de compreendê-la, deixando a um lado a negação da mesma e, portanto, abandonando o terreno da incompreensão e da incerteza de se sentir sozinho em um momento em que é preciso ter uma companhia paciente e incondicional.

Portanto, ter alguém ao seu lado especialista em “ser sol” em dias escuros permite dirigir o seu veículo pela estrada principal em vez de por uma estrada secundária em mau estado, que obriga você a parar 20 vezes para chegar ao destino do bem-estar.

A humildade, a simplicidade e a bondade são três pilares fundamentais que nos ajudam a “ser sol” em momentos em que estamos mergulhados em oceanos de confusão e problemas. Por que para ser realmente grande, é preciso estar ao lado das pessoas e não acima.

FONTEA Mente É Maravilhosa
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS