Frases da vida

38

Frases da vida

 

Quero um espaço exclusivo no meu peito onde eu possa guardar os dias marcantes e excepcionais que a vida me trouxe, que Deus me permitiu viver. Imaginem só se pudéssemos guardar dentro nós aquilo de melhor que vivemos. Pois paremos de imaginar a possibilidade existe e está ao alcance de todos. Temos esse poder sobrenatural e divino de forjar nossas histórias por meio de vivências, experiências, sensações, gostos, palavras que podem ser reprisadas e o mais importante que valem a pena ver (sentir) de novo.
Pois bem, nessa parte minha inalienável quero guardar as coisas divertidas e sapecas da infância, a sensação de liberdade, ingenuidade e inocência que ela me trouxe, as brincadeiras de rua, os banhos maravilhosos de chuva que vinham sempre como renovo de força, embora naquela época minha energia fosse inesgotável, os dias ensolarados de brincadeiras, peripécias e planos mirabolantes com amigos relutantes que queriam dominar o mundo, fãs de Pink&Cérebro, (risos).
Da adolescência guardo as gargalhas soltas, sem vergonha, sem culpa e sem medo de serem proferidas ao mundo, guardo os amigos, os discos, filmes e livros que me proporcionaram descobertas, bom gosto e a solidez nas relações humanas. Dela preservo a vontade de ir além, de conquistar as coisas impossíveis, de nutrir sonhos absurdos e o imprevisto que é nascer de carne e osso, é essa inconstância de sentimentos, de nem todos os dias serem iguais ou efusivamente satisfeitos para nós que descobrimos na adolescência a nossa humanidade exorbitante.  Enfim dessa fase da vida, que nem faz tanto tempo assim, guardo histórias, aventuras, pessoas, circunstâncias, experiências, afinal, viver é melhor que sonhar. A fase dos ídolos, da construção da identidade, dos arrependimentos.
Foram estações, fases, dias, anos que ficaram guardados e contidos num lugar comum, momentos que são meus e que não abro mão. Guardo no peito uma vida inteira e ainda me construo buscando mais do memorável de existir. Guardo essas recordações como se fossem de outra vida, guardo as cicatrizes e rugas também  que me lembram o que fui, o que sou, o que  busco ser e o quanto custou cada uma. Você pode até me achar saudosista demais pro seu gosto mas é que as vezes gosto de vagar pelas paredes da memória e ter orgulho do que construí. Faço minhas as palavras de Elis Regina: “qualquer canto é menor do que vida de qualquer pessoa”.

Novidades

4119

Comente