Foi um amor te conhecer, prazer da minha vida

“Dizem que ao longo de nossas vidas, temos dois grandes amores: um com quem nos casamos ou vivemos para sempre, pode ser o pai ou a mãe dos seus filhos … Aquela pessoa com a qual você tem a harmonia necessária para conviver o resto de sua vida ..

E dizem que há sempre um segundo amor, uma pessoa que sempre perde, alguém com quem nasceu ligado, tão ligado que as forças químicas escapam da razão e impedem que cheguem a um final feliz.

Até que um dia deixará de tentar … Irá se render e procurar essa outra pessoa que acabará encontrando, mas eu garanto que você não vai passar uma única noite sem a necessidade de outro beijo dela ou mesmo de uma discussão.

Você sabe de quem eu estou falando, porque enquanto estava lendo isso, veio o nome dela em sua cabeça. Você vai se livrar dela, vai parar de sofrer, conseguirá encontrar a paz, mas eu lhe asseguro que não passará um dia sem desejar que ela estivesse aí para perturbá-lo.

Porque às vezes gasta mais energia discutindo com alguém que você ama, do que fazendo amor com alguém que você gosta.”

Paulo Coelho

Você veio a mim do nada, me tocou, e nada voltou a ser igual. Eu me lembro que durante aqueles dias a vida era diferente, as cores eram mais intensas e os odores mais vívidos.

Não sei, creio que há amores que te viram de cabeça para baixo. O fato é que eu nunca quis colocar meu mundo em ordem, mas a inércia e a rotina fazem você se acostumar com tudo.

Você era minha causa e meu efeito, era quem provocava meu vulcão, você foi meu companheiro na vida, meu gelo e meu fogo, minha praia e meu mar.

A linha vermelha que nos unia

Eu não sei se eu e você nos unimos com a corda vermelha do destino, ou se tudo teve a ver com o acaso. O que eu sei é que de todas as pessoas do mundo, estávamos eu e você naquele lugar. Isso me faz acreditar que o culpado foi um homem com chapéu que uniu nossos corações com um cordão invisível em uma noite de lua cheia.

Chegamos até aqui porque temos merecido. Porque estamos evoluindo, porque nos amamos junta e separadamente.

“Estamos na paixão desmedida, no coração desenfreado, na decepção quando tudo não é ideal, na ilusão de um novo começo, na convivência, na confiança, no efêmero e no real.”

Temos recriado campos de batalha. Chegamos ao fim do mundo. Abandonamos-nos. Estamos de volta. Afogamos nossas borboletas.

E, se algo nos ficou claro é que no amor há de tudo. Principalmente paixões, histórias e perdão. Uma combinação perfeita não é necessariamente aquela que permanece sempre junta, mas a que se sente ideal.


Vou te querer sempre

“O essencial é indefinível.

Como definir a cor amarela, o amor, a pátria, o sabor do café?

Como definir a pessoa que queremos?

Não podemos”.

L. Borges.

Alguns beijos são tão fugazes que eu tenho que pedir-lhes para acontecerem novamente.

Não importa o tempo que passe, as paixões que sentiremos, você estará sempre na área especial do meu coração. Naquela onde o amor não é tingido com cores, mas com intensidade. E além disso, o nosso amor não foi breve, foi eterno.

“Por tudo isto, pelo que se foi e não voltou, pelo que será … Foi um amor te conhecer, prazer da minha vida …”






COMENTÁRIOS