Não fiques com um alguém, um estranho, que te quer uma noite apenas. Que não se lembrará do teu nome nem que aquela noite terá acontecido e que simplesmente deseja só o teu corpo, não deixes que seja usado por mãos e mente suja.

Mas sim, fica com quem te abrace por trás e não se canse do mesmo corpo todos os dias, que queira descobrir cada traço teu e os ame, que com o passar dos anos a pouca beleza que resta continue a ser a mais bonita no seu olhar, como no primeiro dia.

Fica com o tal que esteja do teu lado e que tudo o que demonstravas que era um problema, hoje são degraus de vitórias. Que o tempo é uma forma maravilhosa de mostrar que valeu a pena. Aceita quem tem o teu nome tatuado dentro de si e que não consegue adormecer sem antes falar contigo, aceita o tal que a cada dia tem mais curiosidade em saber como será o teu acordar, alguém que aceite o teu mau humor que muitas vezes se torna engraçado, que provoque aquele ciuminho saudável, que respeite a tua individualidade, liberdade e independência.

Acima de tudo, fica com quem te beije de dia e que quando tu abras os olhos já esteja escuro, sem teres dado conta do tempo passar, e que entrelace os seus dedos nos teus cabelos, sejam eles loiros ou morenos. Fica com alguém que toque suavemente no teu pescoço até encolheres e fechares os olhos, sem saberes bem o porquê e o como daquela sensação. Com quem te saiba tocar e te faça arrepiar. E te prove que não vale a pena separar dois corpos que se querem tanto.

TEXTO DEVera Oliveira
COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS