Este curta ajuda a entender melhor o trabalho dos psicólogos

Ao longo dos anos muito se falou sobre o trabalho dos psicólogos, carregando sua figura com muitos estereótipos. Desde o profissional que se encarrega de “tratar os loucos” até uma espécie de xamã ou adivinho. Porém o psicólogo não tem nada a ver com dons mágicos, análises de três minutos ou visões do futuro.

Mesmo que seu trabalho hoje em dia seja questionado e gere uma incerteza em alguns, o psicólogo é um profissional que recebeu uma formação universitária e dedica parte de sua vida ao estudo da mente, das emoções e dos comportamentos das pessoas.

Para compreender melhor qual é sua função, a que se dedicam os psicólogos, hoje trazemos um espetacular curta-metragem sobre o trabalho que eles desempenham.

Ir a um psicólogo, o primeiro passo para iniciar uma mudança

Consultar-se com um psicólogo em certos momentos não é uma tarefa fácil. Esta ação implica na aceitação ou na ideia de que temos um problema ou uma dificuldade, e para muitas pessoas este reconhecimento é complicado. No entanto, é o primeiro passo para tentar modificar o estado no qual nos encontramos.

O primeiro passo não te leva aonde você quer ir, mas te tira de onde você está.

Além disso, podemos consultar o psicólogo para tentar melhorar ou crescer pessoalmente e não somente quando nosso mundo tenha começado a desmoronar. Em qualquer caso, para procurar um psicólogo precisa-se de predisposição para pedir ajuda. E a partir daí, podemos começar a trabalhar para iniciar a mudança, sempre e quando nos comprometermos.

O trabalho dos psicólogos

Consultar-se com um psicólogo pode gerar certo temor e incerteza, principalmente se nos deixamos levar pelos preconceitos e estereótipos que são encontrados na sociedade. Mas, como dissemos no início, um psicólogo nada tem a ver com um adivinho ou uma pessoa que somente trata os loucos. 

Um psicólogo é um profissional qualificado, especializado ou não em alguma área, que se encarrega de nos ajudar a mudar ou melhorar algum âmbito de nossa vida. 

Um psicólogo não fornecerá fórmulas mágicas, nem fará milagres em sua vida, tampouco solucionará o problema, mas será o suporte para que você mesmo o faça. Um psicólogo ajudará a encontrar suas aptidões, as quais, na maioria das vezes, se encontram guardadas em seu interior, ou até precisam ser aprendidas para iniciar a mudança.

Um psicólogo escutará e talvez revelará em algum momento algo que você não tinha notado, mesmo que implicitamente o levasse consigo. Porque o psicólogo está atento ao que você diz e não diz, à sua linguagem verbal e gestual. Em certos casos, traduzem suas mensagens para que você possa começar a se conectar consigo mesmo. Porque se consultar com um psicólogo é como aprender a estar consigo mesmo, o trabalho interno mais intenso e mais bonito.

Um psicólogo trabalha para entender qual é a sua visão sobre a vida e observar quais aspectos podem ser favoráveis ou, pelo contrário, podem estar sendo obstáculos; para buscas alternativas, transmiti-las a você e para que você as possa interiorizar em seu dia a dia.

Um psicólogo ajudará a entender e compreender o que lhe acontece e qual pode ser a melhor forma de abordar o problema. Ajudará a tomar decisões e a ver outras realidades que talvez para você nem existiam, porque seu problema havia se encarregado de monopolizar tudo.

Um psicólogo proporcionará ferramentas e ajudará a descobri-las, para que você rapidamente as utilize quando o momento chegar. Você as converterá em parte de sua bagagem pessoal, em suas armas para lutar e evoluir.

Os psicólogos também podem ter dificuldades

Como podemos ver no curta, um psicólogo ajudará a transformar seus problemas, mas isso não implica que o mesmo tenha que enfrentar as outras dificuldades e conflitos. Os psicólogos são pessoas que também devem enfrentar a vida e suas adversidades. Por isso eles podem precisar da ajuda de profissionais. Os psicólogos são pessoas e, como todas as pessoas, são vulneráveis às circunstâncias.

Além disso, no campo da psicologia é muito recomendado que os profissionais tenham horas de terapia para que assim possam trabalhar seus conflitos e para que estes não interfiram no tratamento dos pacientes. Um bom trabalho interno é condição fundamental para trabalhar com pessoas.

Finalmente, lembre-se de que um psicólogo pode ser seu guia no caminho da vida, mas é você que terá dedicação, esforço e constância para iniciar a mudança e colocar em movimento as estratégias. Pois você será o operário do trabalho. Ele somente o acompanhará no caminho.






COMENTÁRIOS