Espera que as coisas vão se ajeitar

É difícil te ver pra baixo e não sentir compaixão dessa menina doce e meiga que deu lugar a uma pessoa completamente diferente. Seus olhos marejados dizem muito mais sobre você do que o seu “bom dia” automático enquanto o vizinho olha atentamente para as cartas na caixa de correio.

Espere, querida. Espere o tempo passar. Espera essa fase horrível dar lugar a uma época com menos preocupações e mais alegrias. Espera que o tempo é o senhor, que só ele traz as respostas.

Sei que o que você queria muito não deu certo, mas isso acontece, é sempre um risco que a gente corre. Mas saiba que quando tudo dá errado, é por algum motivo. É porque algo melhor espera por você, por mim, por seus amigos e família. Algo espera por nós lá na frente, nisso você precisa acreditar. Não precisa ter religião, não precisa exercitar a espiritualidade para enxergar que o destino está aí nos provando que tudo muda o tempo todo.

Não é fácil enxergar uma melhora quando estamos presos no que não nos faz bem. Mas, querida: desapega. Desapega logo do que te faz mal, desapega do que não faz mais sentido para você. Lembre-se que você é auto suficiente e pode chegar em lugares que jamais imaginou conseguir estar.

Eu sei que está difícil meu bem. Mas espera um pouco, confia no seu coração, diz pra sua ansiedade dar um tempo e fica bem. Toma seu chá, faz um lanchinho, cuida da sua vida, cuide de você.

E espere.

Espere outro dia nascer. Espere outras pessoas surgirem. Espere que a solução virá.

Escrito por Ju Umbelino, colunista do Sábias Palavras.

Escritores-01

FONTESábias Palavras
TEXTO DEJu Umbelino
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS