Era bem melhor namorar nos anos 90…

Sim, estamos falando sobre aquela época antes de o romance começar com um pedido de amizade no Facebook…

 

Ah, os anos 90… que época para estar viva! Um tempo mais simples, quando o Facebook não comandava nossas vidas e a Melissa aranha era realmente legal – hey, nem tente fingir que não cobiçava um par brilhante!

Obviamente, algumas de nós eram apenas crianças durante a maior parte da década, mas isso não significa que não temos um amor real pelos maravilhosos anos 90. Quando pensamos naqueles anos assistindo Castelo Rá-Tim-Bum e usando jeans da cabeça aos pés, à la Justin e Britney, não podemos evitar a nostalgia. Tudo era mais simples – e isso vale para o namoro, também, quando sua vida amorosa não girava em torno de deslizar o dedo para a direita ou para a esquerda (sim, estamos falando do Tinder).

Junte-se a nós para uma viagem pela estrada da memória enquanto lhe damos 23 motivos pelos quais era melhor procurar pelo amor nos anos 90:

1 – Você não podia stalkear o perfil do Facebook da pessoa antes de sair com ela

Não havia absolutamente nenhuma chance de vetar uma pessoa por conta das redes sociais – você apenas tinha que esperar até conhecê-la pessoalmente para descobrir seu corte de cabelo terrível.

2 – Não existia “ficar-de-boa-assistindo-Netflix”

O grande barato da época era ir ao boliche e tomar milk-shake. Isso que era ótimo nos anos 90: vocês podiam usar sapatos ridículos e criar laços por conta disso.

3 – Você não ficava esperando ele(a) responder sua mensagem de texto

Você consegue imaginar? Nada de ficar checando seu telefone a cada dois segundos para ver que, de fato, ele(a) ainda não respondeu. Mas havia o MSN Messenger, que também causava alguns problemas.

4 – Havia menos chance de interpretar erroneamente/analisar demais tudo o que ele(a) disse por SMS

Não havia tantas chances de entender algo errado, porque todas as coisas importantes eram ditas pessoalmente. Você sabe, na vida real.

justin-bieber-gif

“O que você quer dizer?”

5 – Se nós combinássemos um encontro, a outra pessoa realmente apareceria

Simplesmente não tinha como cancelar um minuto antes por conta de um “bug misterioso” do WhatsApp.

6 – Ir ao cinema não custava 5121521458 de reais

Lembra quando o ingresso saía por menos de R$ 5?

7 – Vocês podiam escrever cartas melosas um para o outro

Esta arte antiga foi a declaração final do amor – e certamente ganha de uma mensagem de texto com um “oi, amor”. *suspiro*

8 – Nós nos comunicávamos com palavras, não emojis

Palavras, elas solucionavam um monte de confusão. “O que ele(a) quis dizer me mandando um emoji de berinjela”?

9 – Esperávamos ansiosamente para conversar pelo telefone a noite toda

Nós jurávamos que nunca ficávamos sentadas ao lado do telefone fixo por horas, à espera da ligação daquele alguém especial.

heloo

“Alôôôôô.”

10 – Gravar um CD com suas músicas preferidas para dar de presente era muito romântico

Aquela playlist dos Backstreet Boys era perfeita.

11 – Não existia isso de marcar o relacionamento como “oficial” no Facebook

Portanto, não havia a pressão de ter que tirar o “status de relacionamento” quando as coisas azedavam. E sua lista inteira de amigos não precisava saber que tinha terminado.

12 – Vestir roupas combinando era fofo de verdade

Estamos falando com vocês, Britney e Justin!

13 – Você não precisava deslizar seu dedo para a direita ou para a esquerda para conversar com alguém

Porque você entrava em salas de bate-papo para isso.

14 – E também não precisava encarar a rejeição de não “dar match” com seu/sua crush

Julgamentos, julgamentos, julgamentos.

15 – Encontros às cegas eram realmente às cegas

Porque você não sabia o signo da outra pessoa, quantos animais ela tinha ou o aniversário de seu primo por pesquisá-la de antemão.

16 – Você podia enviar um cartão de Dia dos Namorados para seu/sua crush para se declarar

E assinar com um “?”. Tão misteriosa!

“Enviando amor em sua direção”

17 – E, melhor ainda, podia receber um também!

Não havia melhor sensação do que abrir aquele envelope no Dia dos Namorados.

18 – Os presentes eram os melhores

Um ursinho brega segurando uma plaquinha com a escrita “Amigos para sempre” era a melhor forma de dizer “Eu te amo”.

19 – Nós confiávamos em dicas de namoro dadas por programas da MTV, como “Fica comigo?” e “Beija sapo”

“Qual é o seu nome e de onde você é?”

 

20 – Quando seu/sua ex seguia em frente, você não tinha que vê-lo(a) conversando com sua substituta no feed de notícias

Em vez disso, você podia simplesmente rabiscar todas as evidências dele(a) da sua agenda e rasgar suas fotos.

21 – Você não precisava passar horas aperfeiçoando aquela selfie para mandar para seu/sua crush

Você podia gastar esse precioso tempo comendo, em vez disso. Nada melhor.

eating-gif
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS