Eneagrama, nove tipos de personalidade. Qual delas é a sua?

eneagrama

Avaliar a nós mesmos, descobrir nossa personalidade, superar os problemas, desprender-se de rótulos impostos desde o nascimento. Podemos analisar e modificar a nós mesmos utilizando uma ferramenta conhecida na psicologia como Eneagrama.

A técnica do eneagrama descobre qual é nosso tipo de personalidade ou ego. Quanto maior é nosso ego, menor é a capacidade que temos de assumir e aceitar o que não possuímos, e assim, o nível de sofrimento individual aumenta. O eneagrama expõe nove formas de pensar, sentir e agir, intimamente ligadas com estilos de desenvolvimento pessoal, detalhando a causa e o efeito que são produzidos pelas nossas reações, fruto da personalidade de carregamos desde crianças.

Se trabalharmos profundamente em nós mesmos, nos observando e nos liberando de reações automáticas, que nos ferem e causam dor àqueles que nos rodeiam, conseguiremos nos afastar dos rótulos que nos impedem de viver a vida com liberdade.

Uma vez detectado o tipo, é necessário aprender a trabalhar os pontos fracos e as limitações, tendo como objetivo final a superação, e consequentemente, uma atitude diferenciada para enfrentar o mundo.

Tipos de personalidade:

 

Perfeccionista

Constroem a vida e ganham afeto daqueles que estão ao seu redor sendo perfeitos. Se consideram seres superiores. Julgam os demais pelos erros cometidos. Têm pavor de cometer erros. São meticulosos e extremamente críticos consigo mesmos. São compulsivos e metódicos. Voláteis, com predisposição a guardar ressentimentos. Tendem a ter pensamentos extremistas: branco ou preto / bom ou mal.

Altruísta

Conseguem o afeto dos outros oferecendo-os ajuda. Manipulam a vida dos demais. Oferecem uma entrega pessoal de forma altruísta e generosa. Colocam as necessidades alheias à frente das suas. Garantem satisfação sentindo-se indispensáveis. Precisam se libertar. Modificam sua própria personalidade para adaptar-se às necessidades dos demais. Usam da empatia como estratégia para ganhar ou diminuir o afeto dos demais.

Executor

Conseguem carinho através do sucesso e de sua imagem, que se torna imprescindível. Seu principal interesse é o trabalho. Seus sentimentos são esquecidos enquanto trabalha. São competitivo e eficazes. Temem o fracasso. Seu coração e seus sentimentos são esquecidos e substituídos pelo trabalho. “Sou o que faço.” Consideram como real a imagem fictícia criada por eles.

Romântico

Desejam o inalcançável, o mais difícil de se conseguir. Evitam o comum. Têm uma baixa auto-estima. Vivem como se a vida fosse uma representação teatral (uma comédia, um drama, etc.). Não enfrentam a vida com valentia e sentem afinidade com as artes dramáticas. São pessoas melancólicas, sensíveis e profundas emocionalmente.

Observador

Precisam de privacidade e não costumam se envolver. Se mantêm afastados do afeto e das emoções. Precisam de lugares onde se sintam protegidos e dos quais possam limitar o contato. Constumam se conformar com o tempo livre que têm. Dividem a vida em pequenas parcelas. Seu desejo é conhecer a chave do funcionamento do mundo.

Soldado

Costuma evitar a ação. São ansiosos e leais. Céticos, temem traições. Seu lema é: pensar ao invés de agir. Podem tanto se submeter a algo, como podem se revoltar contra autoridades. Se identificam com as causas dos menos favorecidos. Lideram a oposição. Têm medo de encarar a própria ira e também temem a ira dos demais.

Sonhador

Desejam levar uma vida maravilhosa. Elaboram grandes ideias. Procuram trabalhos prazerosos.Contagiam com seu entusiasmo. Evitam o sofrimento e o conflito. O encanto e o otimismo são sua defesa.

Chefe

São controladores e impulsivos. Protegem a si mesmos com o poder que têm. Exigem o contato e defendem seus entes mais próximos. Estabelecem regras em seu trabalho e em sua vida pessoal. Se preocupam com a justiça e evitam a fraqueza. Precisam estabelecer limites. Não existem pontos medianos em suas ações.

Mediador

Possuem a habilidade de se relacionar com todos. Buscam a neutralidade. Evitam conflitos. Agem de acordo com seus costumes. Costumam se incomodar com as mudanças. O isolamento não faz parte de sua rotina. A raiva ou a chateação soam distantes e causam separações. São, de certa forma, pacientes e teimosos. Esperam que o tempo solucione os problemas.

“A personalidade do homem determina antecipadamente o grau de sua fortuna.”

Arthur Schopenhauer

__________

Por: Juliana Martinez
Publicado em A Mente é Maravilhosa

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS