Ela era única

Cheguei a um ponto da minha vida que percebi que eras tudo o que eu queria do meu lado. Demorou, mas consegui, pena que fosse tarde de mais. Tinha-te nos meus braços, sabia que não eras de mais ninguém a não ser minha. Desculpa todas as minhas desconfianças, os meus ciúmes mas era tão grande o medo de te perder… Até que perdi a mulher da minha vida e não dei por isso.

Tinhas tudo, tudo o que eu precisava, tudo o que um homem queria para os seus braços, tu tinhas. Era tão sortudo por te ter do meu lado! Aquele sorriso contagiante que atacava o teu rosto como ninguém, o brilho no teu olhar quando olhava para mim valia ouro, o teu toque frágil com medo de me desapontar, a tua força que derrubava tudo e todos! Que saudades eu tenho tuas.

Imagino como teria sido se eu não te tivesse abandonado, morro por dentro todas as noites que penso isso, pensar que era tão feliz e perdi a felicidade numa estupidez minha… Culpo-me por achar que como tu encontrava em qualquer lado, que qualquer uma me faria feliz como tu fazias. Mas que burro fui em pensar em tal coisa tão absurda que não cabe na cabeça de ninguém. Tu precisavas de mim, mas eu ainda precisava mais de ti, e não entendi isso quando te tinha comigo.

Hoje vejo o quanto única és, e dói ver-te feliz com outro do teu lado, e o que me dói mais é que estás feliz do lado dele! Quem me dera que voltasses para mim, mas orgulhosa que sei que és, não voltarias. Que ele não te faça as burrices que eu te fiz porque tu não mereces isso, que ele te segure melhor que eu, e não te deixe escapar como eu deixei, pois ele não imagina a mulher que tem do seu lado.

Porque é que a minha insegurança fez com que pensasse que estaria mais seguro sozinho? O meu porto seguro eras tu, e tu foste embora. Tu és única, és quem eu preciso e não tenho. Como pude eu perder o mundo quando o tinha aos meus braços? Perdi-te e percebi isso tarde de mais.

FONTEEle e Ela
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS