Ela é de sagitário

Quem ela é aquela menina dançando na chuva? Quem é menina cantando em meio ao trânsito dançando no trânsito? Quem aquela menina rindo meio ao quase fim do mundo? É ela, a sagitariana.
Para ela não tem tempo ruim. Quem faz o dia bom, mesmo se faz frio ou calor, é ela. Mas não se engane, apesar de ser alegre por natureza, por ter o espírito livre, a verdade é que intensa. Então, se for para ser feliz, vai ser muito. E nas raras vezes em for para chorar, não há represa que reprise, ela vive os sentimentos a flor da pele. Mas, por sorte, a natureza conspira, e ver o lado bom da coisa é o que preenche grande parte da personalidade – bem forte – dela.
Vai de tênis, vestido, sem brinco e pulseira. Vai de pijama e salto. Vai do que ela quiser ir. Não há rotule, não há subestime. Ela surpreende a si mesma todos os dias. Você não imagina o que ela pode fazer com você. É uma caixinha de surpresas, uma bomba relógio que explode amor, uma aventureira nata. Sagitarianas não contam histórias, relatam. A vida de qualquer dessas meninas, molecas, moças e mulheres, com certeza, daria um livro.
Ao contrário do que muitos dizem, elas não fogem do amor, o amor faz parte delas. Amam a vida, a natureza, as novas descobertas. Amam até demais. Se jogam e se entregam. O problema é encontrar alguém que acompanhe ela nessas aventuras. Porque não, não prenda uma sagitariana nunca. Elas querem alguém que ande com elas, não que as limite. E quando encontrarem, podem ter certeza, que a história de amor que escolheram dá um filme de ação, aventura e comédia romântica estourando todas as bilheterias de cinema.
TEXTO DEAutor Desconhecido
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS