É preciso saber esperar…

Esperar o momento certo é sinal de calma e maturidade. A precipitação nos leva a tomar decisões errôneas muitas vezes. Você já tem isso desenvolvido dentro de si? Sabe usar o tempo a seu favor?

 

Eis aí um verbo que até hoje tenho dificuldade em colocar em prática: esperar. Mas de fato é preciso aprender a esperar ao longo da vida. Antes que alguém reclame, não estou me referindo ao termo “acomodação”. Falo da espera no sentido de não atropelar céus e terra ou emoções diversas a ponto de dar lugar à ansiedade que cega a percepção.

Mais uma vez esta semana um simples acontecimento doméstico, cotidiano, me fez pensar a respeito disso e perceber que sabendo “esperar”, no tempo certo, as coisas entram nos eixos como uma colega de trabalho me disse. O fato em si resume-se basicamente em que esperei para comprar um determinado objeto que precisava e neste meio tempo obtive-o sem precisar comprá-lo. Se tivesse sofregadamente comprado teria gasto dinheiro desnecessariamente, o que neste momento me faria falta.

Por isso foi que de novo pensei: esperar o momento certo das coisas é positivo e profilático.

Se souber esperar, no tempo certo o amor correspondido aparece. Já notou que às vezes nos apaixonamos quando menos esperamos? Por que, provavelmente nesta hora não estamos querendo controlar tudo, incluindo os sentimentos. Como somos pretensiosos!

Se souber esperar, aquela dor íntima desaparece e é gradativamente digerida. Não quer dizer fácil, nem menos dolorida. E bem digo eu, não gosto de sentir qualquer incômodo. Como se isso fosse possível!

Se souber esperar, aquele emprego almejado pode ser alcançado. Claro que digo isso sabendo que não se deve ficar sentado esperando que tudo aconteça, mas fazer tudo o que for preciso e intimamente esperar, sem causar atropelos e terremotos ao redor.

Não sou a melhor pessoa a dizer isso, por que basta um acontecimento inesperado surgir para minha mente correr veloz a procura de inúmeras perguntas, respostas e dúvidas e pior, conflitos. Ai, meu Deus como eu queria me manter esperando sem conflitos!

Se eu soubesse ter esperado tanta coisa teria sido diferente e outras tantas talvez não teriam acontecido, mas lá vem meu eu de novo tentando controlar tudo.

É preciso saber esperar a mudar. No que se refere ao universo íntimo, não há nenhuma mudança que ocorra velozmente. Tudo ocorre de maneira gradativa. A maturidade vem com o tempo e quando digo tempo não digo agora. Pode ser hoje, amanhã, meses, anos, quem sabe séculos. Mas não, também quero tudo para ontem e sobra então a frustração quando isso não ocorre. Pretensão de novo!

Milky Way Galaxy.jpgNick Risinger – Own work Adapted from the following NASA images: 236084main MilkyWay-full-annotated.jpg Messier51 sRGB.jpg

Às vezes esperar é o tempo que precisamos para entender um determinado assunto, perdoar alguém, perdoar a si mesmo, mudar de carreira profissional, trocar de namorado (a), marido ou esposa, fazer a viagem desejada ou planejada há meses, dominar nova técnica de dança, ou de artesanato, ou de matemática, ou de português, aprender novo idioma ou simplesmente aprender a esperar. E, se for o melhor, dependendo da situação, não mudar nada.

Quando se faz o melhor e esperamos é como se dissemos ao Universo: fiz o que pude e estou aberto a receber. E nem sempre receberemos o que exatamente queremos.

Eu não prometo esperar pacientemente, mas eu estou tentando aprender, e sim, espero conseguir. Desejo o mesmo a vocês!

FONTEObvious Mag
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS