tumblr_lthw468Qfp1qi4z4w

 

Não quero a contagem das horas me lembrando meus atrasos, minhas obrigações e afazeres. Não quero a pressa, a mesmice, nem a monotonia do cotidiano que nos aprisiona numa dízima periódica. Não quero um dia a mais, quero exceção. Quero pelo menos hoje (minto pelo menos sempre) o inédito da vida. Quero por em prática as coisas loucas, boas, saudáveis e inconsequentes que aprendi nos discos filmes e livros. Quero certeza nas decisões, a epifania do mundo, ou seja, a compreensão da essência da vida, dos meus dias, de mim mesmo. Quero um olhar que veja o meu perdido e o acolha. Quero sair pelo incerto, pelo que ainda não foi contaminado pela repetição, ir rumo ao inexplorado. Quero além desse parágrafo, existem coisas que não podem nem precisam ser ditas. Quero sair e deixar a rua me levar, só hoje quero dormir sem palavras.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS