Decidi que a melhor parte da minha vida começa hoje

Hoje decidi ser feliz, decidi dar prioridade a mim mesmo, cuidar de mim e querer meu bem um pouco mais. Quero que as estrelas iluminem o caminho que transito nesse momento da minha vida, para que tudo que chegue a mim seja bom. Decidi ser corajoso e saber dar alegrias a quem me importa.

Nunca é tarde para qualquer decisão positiva, nunca é tarde para nos darmos conta de que talvez merecemos mais e que somos nós mesmos os primeiros que devem ser convencidos a tomar uma atitude para ajustar a direção de nossa vida e dar, por que não, um pouco mais de ar às nossas velas para alcançar a felicidade.

O melhor da sua vida é agora e o ponto de partida pra tanto é desligar os motores das suas ilusões e soprar suas cinzas para acender a mais forte das chamas: a que iluminará seu caminho.

Em algumas ocasiões, quase sem nos darmos conta, postergamos nossa vida. Criamos um limite e apenas existimos, mas sem viver. E não estamos falando de falta de oportunidade por problemas econômicos; há quem leve uma vida autêntica, plena e feliz tendo apenas o mínimo.

Falamos dessa vida na qual o ser está em equilíbrio consigo mesmo e vive com o coração, fazendo de verdade o que ama e buscando estar rodeado por pessoas com as quais há uma autêntica reciprocidade.

Algumas vezes ficamos presos em salas de espera eternas, esperando a passagem para a vida real e autêntica porque nos apegamos a coisas, situações e a pessoas que impedem por completo nosso crescimento pessoal.

Quando a vida não é vida, é apenas existência

 

Ao longo de nosso ciclo vital passamos por diferentes fases, e nem sempre a felicidade está garantida em todas elas. Há instantes em que a vida não é de fato vida, é apenas um transcorrer de dias preenchidos por desilusão, sem intensidade e sem ilusões.

Todo sonho perdido é uma verdade que não enfrentamos, por isso, hoje eu decidi assumir meu passado e minhas verdades, para permitir que meu presente amanheça com energias renovadas, sem pesadelos nem censuras…

Quem se deixa ser levado pela rotina e pelas escolhas que terceiros fazem em seu lugar, dia após dia, continua perdido. Sem dúvida chegará um momento em que deixará de conhecer a si mesmo, porque a identidade pessoal terá se desmanchado em pedaços frios nos quais já não restará autoestima. Não restará nada.

  • Às vezes determinadas situações acabam nos condicionando de tal forma que deixamos de questionar as coisas. “Sei que meu trabalho não me faz feliz, que viola meus direitos, mas ao menos tenho um sustento econômico. Deixar meu trabalho é um risco, e mesmo que eu esteja perdendo minha saúde não posso fazer nada…”
  • Outra razão pela qual ficamos presos e limitados em nosso crescimento pessoal é por relacionamentos afetivos que limitam nossas aspirações, restringem nossos espaços e vetam nossos objetivos, e por vezes optamos por continuar nessas situações.

Na realidade, são muitas as razões pelas quais nossa vida, essa vida autêntica que sonhamos para nós mesmos, não é alcançada. Pode ser, inclusive, que sejamos nós mesmos os responsáveis por fechar as portas por causa de indecisões, por medo de sair de uma determinada zona de conforto.

Os inimigos do nosso crescimento vital e da nossa felicidade não estão sempre no exterior. Em alguns casos, nossos próprios pensamentos e crenças podem ser os mais perigosos.

Decido que hoje começa o melhor da minha vida

Essa simples decisão é um grande passo. Decidir que desejamos e vamos ser felizes é um ato de valentia e cria algo que possui muita força, algo que se chama sonho e, por sua vez, projeto de vida.

Há algo que nunca deveríamos esquecer: a felicidade não é um sentimento, na maioria das vezes a felicidade é uma decisão.

A partir de hoje você vai deixar de ver a vida como quem folheia um livro. Agora, ao invés de folhear, você vai escrever o livro da sua vida, e vai ser o autêntico protagonista. Para isso é necessário dar os seguintes passos:

  • Hoje começa o resto de sua vida, e vai ser a melhor parte de sua existência. Por isso, você deve entender que sua felicidade depende na realidade de apenas uma coisa: você mesmo.
  • Todo ato de decisão requer anteriormente atos de valentia. E por isso, posto que agora você age como dono do seu destino, é o momento de analisar o que é que o impede de ser você mesmo em sua vida. Analise quem apenas lhe oferece infelicidade, tristeza e quem que abala sua autoestima.
  • Saiba que para ser feliz, talvez seja preciso fazer uma ou outra renúncia.
  • Você já é consciente do que lhe faz mal. Agora foque seu olhar para aquilo que é importante pra você e que você nunca abriria mão: sua família, seus amigos, seus interesses, seus sonhos…
De força ao que ama e ofereça alimentos aos seus sonhos: o melhor da sua vida é agora, porque está em equilíbrio com você mesmo, porque você pode e merece.
FONTEA Mente É Maravilhosa
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS