Como construir relacionamentos autênticos e duradouros

O que todos nós estamos procurando é amor, alegria e conexão.

Sabemos que o sucesso, dinheiro e saúde são importantes, no entanto, esses três elementos nos dão as escolhas, recursos e energia, para nos conectarmos com os outros.

Nossos relacionamentos podem certamente ser a maior fonte de alegria, mas podem ser uma grande fonte de dor, mesmo com aqueles que mais amamos! O que eu descobri é que, mudando nossa perspectiva, ou empregando ferramentas e estratégias simples, é possível manter conexões douradas com os nossos parceiros, filhos, amigos e colegas de trabalho em uma base contínua.

Meu top 5 com dicas para conexão autêntica e duradoura:

1. Se nós mudarmos, as pessoas que estão relacionadas a nós vão mudar

Se estivermos lutando em nosso relacionamento, é essencial não continuar fazendo a mesma coisa de sempre. Se estivermos insatisfeitos, é importante desenvolvermos a consciência de nossas ações. Fazendo escolhas diferentes sobre nossos comportamentos, estabelecemos base para resultados diferentes. Quando culpamos e pensamos “se eles mudassem, as coisas seriam diferentes” nos mantemos presos em nossa situação atual. Por exemplo, se cada vez que falamos com o nosso parceiro sobre uma situação difícil a conversa termina em uma briga, esta é uma grande pista para assumir a responsabilidade e mudar a forma como nos comunicamos. A forma como iniciamos uma conversa é, provavelmente, a mesma forma como a conversa vai terminar. Portanto, se nós começamos uma conversa de uma forma defensiva, agressiva, é provavelmente assim que ela vai acabar. No entanto, se nos aproximamos de forma calma, até mesmo nos temas difíceis, e quando o nosso parceiro estiver calmo, e com tempo para escutar, é mais provável que a conversa termine de forma calma.

2. Defina limites saudáveis

Outros (no mesmo nível de evolução) geralmente não podem ler a nossa mente. Pessoas bem intencionadas podem ter expectativas que não são certas para nós. Aprender a fazer silêncio, ir além da vibração mental da nossa mente (meditação é uma grande ferramenta para isso) e ouvir a nossa intuição, (aquela voz sábia dentro), permite-nos saber o que é certo para nós. O próximo passo é ter coragem e convicção para falar a nossa verdade. Ser capaz de dizer a alguém de uma forma bondosa e amorosa que em determinadas situações elas precisam “sair de perto” quando nós não nos sentimos bem. Por exemplo, nossos filhos podem se sentir confortáveis em ter-nos como seu táxi 24 horas. No entanto, isso pode ser caro para nós e também para eles, que não estarão aprendendo sobre responsabilidade. Na idade adequada, eles precisam ser ensinados de uma maneira amorosa, que precisam aprender a andar de ônibus.

3. Confiança

Em relacionamentos saudáveis ​​é preciso que nossos parceiros saibam o que nós esperamos deles de uma forma positiva, sem julgamento. Precisamos ter confiança neles. É comum criar expectativas e, em seguida, ficarmos preocupados e com medo de as coisas não acontecerem. Ter fé que as pessoas têm capacidade de resolver seus próprios problemas, abre o caminho para um relacionamento respeitoso. Eles podem até mesmo chegar em soluções melhores do que poderíamos imaginar! Da mesma forma que gostamos de usar nossa criatividade para trabalhar em harmonia com os outros, temos de permitir que nosso parceiro faça o mesmo! Por exemplo, uma vez eu disse ao meu marido que gostaria de passar mais tempo com ele (mas deixei ele encontrar a solução). Ele planejou uma viagem de quatro dias. Eu estava pensando em apenas um dia juntos na praia, mas ele realmente levou as coisas a um nível totalmente novo!

4. Quando queremos que as pessoas venham até nós

Muitas vezes, queremos que as pessoas estejam mais perto de nós. Podemos tentar “fazer isso acontecer” por exemplo, sendo bem sucedido, mais bonito ou mais engraçado. Podemos nos focar tanto em dizer e fazer a coisa “certa” que acabamos criando uma barreira para pessoas estarem perto de nós. O que a maioria das pessoas realmente quer, é estar em um espaço sem julgamento onde elas se sintam amadas e respeitadas. A maioria das pessoas só querem ser ouvidas. Então, basta estarmos lá!  Precisamos esvaziar nossas mentes de julgamento e sermos capazes de olhar o outro e vê-lo como a pessoa boa e amorosa que ele é. Nós ainda poderíamos contribuir para a conversa ou adicionarmos nossas palavras de sabedoria. Ironicamente, quando estamos nesse estado de quietude, as pessoas estarão mais propensas a pedir a nossa opinião.

5. Conheça pessoas em seu caminho

Quando as pessoas vêm para você de uma forma calorosa e amigável está liberado agir da mesma forma. Às vezes, os outros estão dando um grande passo fora de sua zona de conforto, indo até você. Ser cordial e afetuoso é o nosso estado natural. Transmita carinho e amor para aqueles ao seu redor e sinta a alegria da conexão.

Criar relacionamentos grandes e duradouros não é tão difícil. Na verdade, pode ser mais fácil do que pensamos. Ao expandir sua consciência e tentar diferentes abordagens é possível experimentar a alegria de relações significativas, que podem melhorar e enriquecer as nossas vidas diariamente. Relacionamentos podem tornar-se nossa maior fonte de alegria!

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS