Carta para você que eu considero pacas

Por Ju Umbelino, colunista do Sábias Palavras.

Cê vai quebrar a cara. E eu espero que seja por um curto período, que vire uma “fase”. Espero que os acertos signifiquem mais que um erro para você e que você tire sempre uma lição a cada queda.
Eu desejo que você descubra as coisas por si mesmo, que veja o mundo com os seus olhos e não os meus. E espero mesmo que a vista seja bem bonita.
Você vai se enganar. Aquela menina do trabalho, aquela moça da faculdade, aquele cara meio esquisito, o vizinho… eles sempre vão te surpreender. E nem sempre as surpresas são positivas. Mas você aprende. Ô se aprende.
Você vai ficar sem saber o que fazer. Vai ficar entre a cruz e a espada, vai querer chorar, se jogar no chão e ficar em posição fetal por tempo indeterminado. Mas aí você vai descobrir que o mundo não para por nossa causa e as coisas vão se estabilizar.
Você vai ter amigos ótimos. Vai encontrá-los muito, alguns outros nem tanto. Mas vai ser feliz a cada companhia compartilhada, a cada abraço sincero e a cada desabafo. Pode até se decepcionar com alguns. Mas quem nunca errou na vida?
Você vai brigar com as pessoas que mais se importam com você. Vai achar que elas estão erradas, que não é bem assim, que podia ser diferente. Mas vai com bastante humildade, porque a sua opinião pode mudar também. Nunca se sabe.
Ah, e cê vai errar. Rude. Grandão. FEIO. Vai querer se esconder do mundo, nunca mais sair de casa e mudar de identidade. Mas com o tempo você vai descobrir que isso acontece com todo.mundo.nesse.planeta.
Você vai encontrar alguns babacas na sua vida. Uns passarão, outros passarinho. Mas você nunca deve se igualar a eles ou tentar dar o troco. Não vale a pena.
O machismo vai passar pela sua vida em algum momento. Combata-o porque ele mata diariamente. O racismo também. Nem preciso falar sobre a homofobia. Não cole com esse tipo de role. Não se desgaste, mas faça sua parte.
Ah, a saudade. Ela vai bater na sua porta com força, te jogar no chão e te dar três socos na cara. Mas quando matá-la, vai valer a pena. Cada segundo.
Outra que vai bater na sua porta, aos berros, é a insegurança. Com o companheiro ou com a companheira. Na maternidade ou na paternidade. Na alegria. Na tristeza. Na saúde. Na doença. Tente trabalhá-la para que ela não te atrapalhe tanto assim.
E quando duvidar de si mesma, olhe ao redor e veja quanto amor você tem. Dentro do peito e fora dele. Por mais que a gente duvide dos nossos amores, eles sempre estão lá. Dentro da gente. Fora da gente. Em forma de gente. Amar é tão bom. Permita-se.
Você pode acordar querendo morrer. E quando isso acontecer, ligue para aquele amigo joia, praquela amiga super disposição. Arrume o cabelo. Passe um batom vermelho. Vista suas roupas mais legais. Tente aproveitar a sua própria companhia e mudar o seu estado de espírito. Só você pode mudá-lo.
Ah, meu bem. Não se esqueça de que encontrará muitas pessoas diferentes de você. E isso não fará delas melhores ou piores que você. Elas podem ser coxinhas, petralhas, migas, não migas. Podem ser o que for. A vida é delas e você não precisa julgá-las apenas por uma diferença.

Esse textão de facebook é pra você, que eu tanto estimo. Deixo esses recados que aprendi durante a vida toda. E a lista só vai aumentar. Porque eu vou viver bastante e com você na minha vida.

Escritores-01

FONTETe Escrevi
TEXTO DEJu Umbelino
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS